Pai de Amy Winehouse critica documentário de Asif Kapadia e planeja fazer próprio filme sobre a filha

“Kapadia teve uma grande oportunidade e ele não a aproveitou”, disse Mitch Winehouse
  • Imprimir
por Redação
16 de Out. de 2015 às 10:48

O pai da cantora Amy Winehouse voltou a comentar sobre o documentário Amy, dirigido por Asif Kapadia e lançado este ano. “Há diversas coisas boas da vida de Amy que ficaram de fora do filme”, disse Mitch Winehouse ao The Guardian. “Asif Kapadia teve uma grande oportunidade e ele não a aproveitou. Vamos ouvir algo novo sobre Amy.”

Crítica: documentário Amy expõe de forma contundente as mazelas da estrela britânica.

As afirmações foram feitas no evento anual Amy Winehouse Foundation Gala, na noite da última quinta, 15. Durante a entrevista ao jornal britânico, Mitch informou o desejo que tem de fazer o próprio filme sobre a filha, considerando que o documentário premiado e recordista de Kapadia não cumpriu o papel de contar a história de Amy “corretamente”.

Mitch Winehouse ainda disse ao The Guardian que Amy não mostrou o “senso de diversão” da cantora. Mas a maior reclamação do pai de Amy em relação ao documentário é que o longa “foi construído acerca do vício em drogas”. Ele ainda completou dizendo que Amy é “muito doloroso”.

Galeria: as notícias pouco (ou nada) verdadeiras que saíam sobre Amy Winehouse.

Esta não é a primeira vez que Mitch Winehouse vai a público falar mal da produção de Kapadia. Os pais de Amy chegaram a colaborar com o projeto e mais tarde abandonaram-no, qualificando-o como “enganoso”. Em resposta, a equipe responsável pelo registro afirmou que “as filmagens aconteceram com o pleno respaldo da família Winehouse.”

Recentemente foi anunciado que Mitch Winehouse vem ao Brasil para uma série de shows. O pai de Amy toca no país em novembro, passando por Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Natal. O músico ganhará a companhia da cantora Elza Soares e do percussionista Anselmo Neto nas apresentações – saiba mais aqui.

Recomendadas