Quinta edição paulistana da Rolling Stone Music & Run reúne histórias de conquista

Oito mil pessoas estiveram no Memorial da América Latina e arredores no último sábado, 13, para superar limites e celebrar a música e o esporte
  • Imprimir
por Anna Mota
14 de Maio de 2017 às 01:03

O encontro de paixões por música e esporte reuniu oito mil pessoas no Memorial da América Latina, em São Paulo, neste sábado, 13, para a quinta edição paulistana da Rolling Stone Music & Run. No evento, realizado pela Rolling Stone Brasil, os atletas, que se dividiram entre percursos de corrida de rua de 5km ou 10km — ou de caminhada, de 3km — ainda puderam assistir a shows exclusivos do Ira! e do Warriors.

Ira! reúne 35 anos de sucessos na quinta Rolling Stone Music & Run

Paratleta Marinalva de Almeida celebra retorno à corrida na Rolling Stone Music & Run

Os portões da Arena Rolling Stone, espaço montado exclusivamente para o evento, se abriram às 17h30. O público, que esperava ansioso na entrada, já começou a sentir o clima da ocasião, e aproveitou a brecha de tempo até a convocação para a primeira largada para desfrutar dos estandes de comida, bebida e das ações dos patrocinadores. O que não faltaram foram selfies e fotos com as capas da Rolling Stone Brasil espalhadas em totens pelo evento, tudo ao som de muito rock, com músicas icônicas como “Back in Black”, do AC/DC, e “Cry Baby”, da Janis Joplin.

Parte dos corredores presentes tomou conta da avenida Dr. Adolpho Pinto, do lado de fora da Arena Rolling Stone, perto das 18h50 para a largada da prova de 5km e da caminhada de 3km. A buzina que determinava o início da competição foi seguida por “Tarzan Boy”, do Baltimora. No caminho, dois postos de suporte estrategicamente posicionados esperavam os competidores com água, além de muitas palavras de apoio e incentivo.

Adélio dos Santos, 23, foi o primeiro a completar o trajeto de 5km, em 15m22s. Alice Yuri Lima, 24, chegou menos de cinco minutos depois, aos 20m20s, e foi a primeira mulher a terminar a prova. Os dois subiram ao pódio ao lado de outros quatro competidores e competidoras para receber medalhas pelas respectivas categorias.

Santos foi seguido por Marcelo Avelar, em segundo lugar, Claudinei Souza, em terceiro, Renan da Silva, em quarto, e Jefferson Alves, em quinto. Já Alice teve Miriam Aparecida (segundo lugar), Luciana Araújo (terceiro), Maria Cristina Rodrigues (quarto) e Lídia Simões (quinto) ao lado dela na premiação.

Após os ganhadores terem sido devidamente reconhecidos pelo esforço nas ruas paulistas, foi hora de quem ainda estava se aquecendo na Arena Rolling Stone se preparar para correr. A largada dos 10k foi dada às 19h50 ao som de “Aces High”, do Iron Maiden.

Dentre os competidores da prova estava a paratleta Marinalva de Almeida, também participante da edição de 2017 do Big Brother Brasil, reality show da Globo, que escolheu o evento para fazer o retorno dela às pistas. “Já faz mais um ano que eu parei de fazer corrida. E hoje eu não vou usar a prótese, mas as muletas. Eu não sei quanto tempo irei demorar, ou se irei concluir, mas acredito que o importante é começar”, explicou. Marinalva, que conseguiu completar 5k de corrida, começou a praticar corrida de rua por convite de um amigo, após sofrer um acidente e ter a perna amputada aos 15 anos. “Eu tenho apenas 15 centímetros de coto na perna esquerda, e não há nenhuma mulher no mundo que corra com um coto tão pequeno. Mas eu estou disposta a quebrar essa barreira”, afirmou, determinada.

Mateus Soares Trindade, 33, foi o vencedor da categoria, com 31m34s. O atleta, da Companhia dos Cavalos (mesma equipe de Santos, ganhador dos 5k), participou da Music & Run durante a preparação para a maratona de Porto Alegre, que acontece no dia 11 de junho. “Eu corro desde os dez anos, já são 24 anos de corrida, mas eu fiquei impressionado com a organização da Rolling Stone. Estou muito feliz de estar aqui”, disse. Trindade foi acompanhado por José Rodrigues (segundo lugar), Waldecir del Monte (terceiro), Nilton Lúcio (quarto) e Uiel Silva (quinto), no pódio.

A premiação feminina foi liderada por Hildene Cardoso, 38, que completou a prova em 41m28s e que havia ficado com o ouro na competição de 5km na edição da Rolling Stone Music & Run de 2016. “Ano passado eu não sofri tanto, mas vale a pena. Essa é uma prova muito gostosa de fazer, o percurso é bonito”, opinou. Quando questionada sobre o porquê de haver voltado neste ano para competir, Hildene admitiu que é o ambiente que a atrai. “Eu gosto muito da galera reunida para além da corrida, é uma festa bacana”.

Recomendadas