Rolling Stones, Brian Wilson e Barack Obama lamentam a morte de Chuck Berry

Bruce Springsteen e Ringo Starr também utilizaram as redes sociais para homenagear o músico
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA/Redação
20 de Março de 2017 às 10:34

Os Rolling Stones fizeram um tributo ao inovador do rock and roll, Chuck Berry, tanto como banda como individualmente, em uma série de comunicados após a morte do ícone da música no último sábado, 18, aos 90 anos.

“Os Rolling Stones estão profundamente tristes pela notícia da morte de Chuck Berry”, a banda escreveu. “Ele era um verdadeiro pioneiro do rock and roll e uma grande influência para nós. Chuck não era apenas um guitarrista, cantor e intérprete brilhante, mas, mais importante do que isso, ele era um mestre artesão enquanto compositor. As músicas dele viverão para sempre.”

Ao longo da carreira, os Stones frequentemente faziam covers das músicas de Berry; o single de estreia da banda em 1963 foi uma interpretação de “Come On”. Os Stones também já tocaram “Around and Around”, “Carol”, “Little Queenie” e outras.

Em um comunicado separado, Mick Jagger acrescentou: “Eu estou muito triste pela morte de Chuck Berry. Eu quero agradecê-lo por todas as músicas inspiradoras que deu a nós. Ele acendeu nossos anos de adolescência, e soprou vida aos nossos sonhos de ser músicos e intérpretes. As letras dele brilharam além do resto e estranhamente iluminaram o sonho americano. Chuck, você era incrível, e sua música está gravada dentro de nós para sempre”.

Keith Richards, que se apresentou ao lado da lenda do rock and roll e já admitiu, alegremente, ter levado um soco de Berry em uma ocasião – disse em um comunicado: “Uma das minhas grandes luzes se apagou!”

“Muito triste – com a morte de Chuck Berry vem o fim de uma era, ele era um dos melhores e minha inspiração, e uma pessoa de grande caráter”, o guitarrista Ronnie Wood acrescentou.

LEIA TAMBÉM
Morre Chuck Berry aos 90 anos
Dez grandes canções de Chuck Berry
[Lista] Jimi Hendrix, Jimmy Page, Chuck Berry: os 100 maiores guitarristas de todos os tempos

Brian Wilson, fundador dos Beach Boys, ficou sabendo da notícia enquanto se preparava para um show da turnê de 50 anos do Pet Sounds. “Eu fiquei chocado e meio que me assustou”, ele disse à Rolling Stone EUA. “Eu não sei porque me assustou, mas foi apenas um choque.” No último domingo, 19, um dia após a morte de Berry, ele disse que ainda estava lidando “muito mal” com a notícia.

Para Wilson, Berry foi uma inspiração importante nas primeiras músicas que ele escreveu, mais de 50 anos atrás, para os Beach Boys. “Ele me ensinou como escrever melodias de rock and roll, o jeito que os vocais devem soar”, ele disse. “As letras dele eram muito boas. Elas eram extraordinariamente boas. Eu gostava de ‘Johnny B. Goode’, sobre um jovem que tocava sua guitarra.”

“Ele me inspirou como um compositor”, ele disse. “Ele me fez querer escrever sobre carros e surfar. Eu gostava da letra de ‘Roll Over Beethoven’. Parecia que o que ele estava fazendo era algo novo.”

Outros grandes nomes do rock relembraram o impacto de Berry no rock and roll. “Chuck Berry foi o grande profissional e guitarrista do rock, e o maior e mais puro compositor de rock and roll que já viveu”, Bruce Springsteen escreveu no Twitter. Ringo Starr, que interpretou “Roll Over Beethoven” com os Beatles em With the Beatles, publicou “Descanse em paz. Paz e amor, Chuck Berry, senhor do rock and roll”.

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também homenageou Berry com uma publicação no Twitter no último domingo, 19. “Chuck Berry passou por cima de quem veio antes dele – e levou para o alto todos que vieram depois. Nós sentiremos a sua falta, Chuck. Seja bom.”

Recomendadas