Rose McGowan diz que nunca falou mal do movimento #MeToo

A atriz usou as redes sociais para se explicar

Redação Publicado em 08/10/2018, às 14h51

None
Divulgação

Rose McGowan, uma das mais ativas defensoras do movimento #MeToo, está esclarecendo o que pareciam ser comentários infelizes sobre a avaliação revolucionária que mexeu com Hollywood no ano passado.

Dias depois do primeiro aniversário do  #MeToo, a atriz de "Charmed” disse, em uma entrevista publicada no Sunday Times, que considera o movimento uma mentira e que a batalha de Hollywood contra a agressão sexual na indústria do entretenimento é apenas superficial.

Rose refutou a história no Twitter na tarde de domingo. "Eu nunca disse que #MeToo é uma mentira. Nunca", ela esclareceu. "Eu estava falando sobre Hollywood e Time’s Up, não #MeToo".

Expressando sua frustração, ela acrescentou: "Ugh. Estou tão cansado dessas merdas mentirosas. #MeToo é sobre sobreviventes e suas experiências, que não podem ser tiradas."  Na manhã desta segunda, 8, ela postou dois vídeos no Twitter para expressar seus pensamentos. "#MeToo é importante, é honesto e é a nossa experiência. Não é mentira", disse ela. "Por alguma razão, há pessoas na mídia que tentam derrubá-lo, mas eu digo que é forte. Novamente, é simplesmente a nossa experiência compartilhada. É isso que a #MeToo é. E é lindo. Como nós somos."

A atriz, que ajudou a começar o movimento, registrando alegações de agressão sexual contra o produtor Harvey Weinstein. Rose disse que Weinstein a estuprou em um quarto de hotel em 1997 e a colocou na lista negra, prejudicando sua carreira.