Spin-off de Star Wars centrado em Han Solo perde diretores por “diferenças criativas”

Longa continua com estreia marcada para 24 de maio de 2018
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
21 de Junho de 2017 às 12:08

Os diretores do spin-off da franquia Star Wars, que conta a história do jovem Han Solo, deixaram a produção por “diferenças criativas”. Phil Lord e Christopher Miller falaram sobre a decisão em um comunicado publicado no site do Star Wars, na última terça, 20. O anúncio também contou com um parecer de Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm.

“Phil Lord e Christopher Miller são cineastas talentosos que reuniram uma equipe e um elenco incríveis, mas ficou claro que nós temos visões criativas diferentes para este filme, e, por isso, decidimos separar nossos caminhos”, afirmou Kathleen. “Um novo diretor será anunciado em breve.”

LEIA TAMBÉM
[Galeria] 40 anos de Star Wars: leia nossa análise sobre todos os filmes
Carrie Fisher é homenageada em celebração dos 40 anos de Star Wars
Spin-off de Star Wars vai contar como Han Solo adquiriu a Millenium Falcon e conheceu Chewbacca

“Nós normalmente não somos fãs da expressão ‘diferenças criativas’ mas, dessa vez, o clichê é real. Estamos muito orgulhosos do ótimo trabalho da nossa equipe e elenco”, disseram Lord e Miller, que foram escolhidos para dirigir a produção em 2015, após terem feito sucesso com os longas Anjos da Lei (2012) e Uma Aventura Lego (2014).

Apesar da mudança, o filme ainda sem título continua com a estreia marcada, nos cinemas brasileiros, para 24 de maio de 2018.

De acordo com informações da revista Variety, os diretores não deixaram a produção de maneira voluntária, mas foram despedidos pela LucasFilm. Segundo o veículo, a produção começou a ser rodada em fevereiro, no Pinewood Studios, em Londres, na Inglaterra, e ainda tem diversas gravações a serem feitas nos próximos meses.

O spin-off com foco em Han Solo traz Alden Ehrenreich (Dezesseis Luas) como intérprete do personagem que se tornou icônico na pele de Harrison Ford. O elenco é coestrelado por Donald Glover (Community, Atlanta), Emilia Clarke (a Daenerys Targaryen de Game of Thrones), Woody Harrelson (Jogos Vorazes) e Michael Kenneth Williams (12 Anos de Escravidão).

Esta não é a primeira vez que os filmes da franquia Star Wars sofrem com mudanças repentinas. A Lucasfilm e a Disney desistiram da parceria com o roteirista Michael Arndt, que havia sido escalado para escrever o Star Wars: O Despertar da Força. Similarmente, Star Wars: O Último Jedi — que chega ao Brasil em 14 de dezembro de 2017 — perdeu o primeiro diretor, Josh Trank, em 2015, e foi terminado por Rian Johnson.

Recomendadas