Trilha sonora de Vida de Solteiro ganha relançamento com raridades da era grunge

Filme originalmente chamado Singles, de Cameron Crowe, saiu em 1992 retratando a geração de Seattle do começo dos anos 1990
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
26 de Jan. de 2017 às 19:53

A trilha sonora do filme Vida de Solteiro (originalmente Singles, de 1992) vai ganhar uma nova edição de luxo, com dois discos, incluindo músicas inéditas de ícones do grunge, como Mudhoney, Chris Cornell, Paul Westerberg e Mike McCready (do Pearl Jam), entre outros. O álbum sai em 9 de maio.

“O álbum em si sempre foi feito para ser meio que uma ‘anti-trilha-sonora’, mais um souvenir e uma simples mixtape do melhor que havia em Seattle”, diz o diretor Cameron Crowe (Quase Famosos), que fez o filme como uma espécie de retrato da geração grunge da cidade norte-americana do começo dos anos 1990.

O relançamento conta com uma versão digital e outra física, contendo dois CDs e dois LPs, incluindo um disco bônus de músicas inéditas e outras raridades, como faixas ouvidas no filme mas que não estiveram na trilha sonora original, de 13 faixas. A edição com os vinis traz todas as músicas originais e inclui um CD com o disco bônus.

Entre as raridades estão o EP Poncier (1992), de Cornell, que leva o nome de um personagem do filme, Cliff Poncier, e traz uma versão antiga da faixa “Spoonman”. Há também a faixa “Touch Me I’m Dick”, sátira de “Touch Me, I'm Sick”, do Mudhoney, que é apresentada pela banda fictícia do longa, a Citizen Dick, formada por Eddie Vedder, Stone Gossard e Jeff Ament (todos do Pearl Jam).

Recomendadas