Tupac Shakur tentou criar um grupo feminino de rap com Jada Pinkett Smith

A atriz contou a Queen Latifah sobre quando o rapper quis ensiná-la a rimar em um vídeo extra do Carpool Karaoke
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
30 de Ago. de 2017 às 13:53

Tupac Shakur tentou formar um grupo feminino de hip-hop que incluía Jada Pinkett Smith, quando os dois estudavam juntos no ensino médio, na Baltimore School for the Arts. Jada relembrou a história com Queen Latifah em um vídeo extra do novo episódio do Carpool Karaoke.

“Ele tentou me colocar em um grupo feminino de rap”, Jada disse à Queen Latifah. “Nós tínhamos essas batalhas fuleiras porque estávamos no ensino médio, e ele queria juntar um grupo foda de meninas. Ele disse ‘Ei, Jada, eu vou escrever raps para você. Vou te ensinar a ter flow.’”

Havia um pequeno obstáculo: “Eu não sabia fazer rap”, Jada explicou. “[Tupac] Ficava tipo ‘Você age como se não tivesse ritmo nenhum.’” Apesar de não abraçar o hip-hop, ela se envolveu com heavy metal, eventualmente se tornando a vocalista da banda Wicked Wisdom.

Assista abaixo.

Jada já falou sobre a conexão dela com Shakur várias vezes nos últimos meses. Em junho, ela criticou a cinebiografia do rapper, All Eyez on Me, dizendo que “a reimaginação do meu relacionamento com Pac foi extremamente nociva”. Em uma entrevista a Sway in the Morning no mês passado, ela relembrou ter conhecido Shakur enquanto traficava drogas.

O mais recente episódio da série Carpool Karaoke da Apple Music – baseada no segmento de James Corden no Late Late Show – conta com Jada Pinkett Smith, Queen Latifah, Tiffany Haddish e Regina Hall. Todas elas estrelam o filme Girls Trip, que chegou aos cinemas dos Estados Unidos no mês passado.

Recomendadas