• Imprimir

Ozzy ao vivo - galeria - 1

1 – “Tribute” (1987)

Ozzy pensava em soltar este disco duplo ao vivo de gravações da turnê Diary of a Madman como o lançamento original de Speak of the Devil, mas ele depois decidiu que não achava certo fazer isso logo após a trágica morte de Rhoads. Ele então finalmente resolveu lançar o material quando a mãe de Rhoads, Delores, disse a Ozzy que estava recebendo muitos pedidos por gravações ao vivo em que o filho dela participasse. Lançado no aniversário de cinco anos do acidente de avião, Tribute é o único lançamento solo de Ozzy assinado duplamente, com o nome de Rhoads ao lado do vocalista. Rhoads toca de maneira maravilhosa, com solos incendiários em “Mr. Crowley”, “Crazy Train” e uma inacreditável seção estendida no meio de “Suicide Solution”. As versões de “Iron Man”, “Children of the Grave” e “Paranoid” são sujas e renovadas, uma vez que Rhoads supostamente não era fã de Black Sabbath e decidiu dar a própria interpretação a estas músicas. O registro também traz algumas das mais inspiradas performances vocais de Osbourne, já que ele soa rejuvenescido após a saída do Black Sabbath. É o som de um homem renascido, com o combustível que ele esperou durante a vida inteira. E é um dos raros álbuns ao vivo que te deixa querendo mais.