Adidas retira camisetas da Copa de circulação depois de reclamação do Ministério do Turismo brasileiro

Peças promocionais com insinuações ao corpo feminino foram vistas como um incentivo ao turismo sexual

Redação Publicado em 25/02/2014, às 18h33 - Atualizado às 19h24

.
Reprodução

A Adidas, uma das principais patrocinadoras da Copa do Mundo deste ano, retirou duas camisetas do site da marca nesta terça-feira, 25, depois de reclamações do Ministério do Turismo, que concluiu que as peças promoviam o turismo sexual.

Um dos modelos levava a frase “Lookin’ to Score – Brazil” [algo como “procurando se dar bem – Brasil”] e o desenho de uma mulher, e a outra estampava um coração estilizado para parecer nádegas femininas de biquíni.

A Adidas é responsável por criar camisas, chuteiras e até a bola – apelidada de Brazuca – da Copa do Mundo 2014, que começa no dia 12 de junho.