Como eles chegaram lá

Redação Publicado em 03/10/2012, às 12h42 - Atualizado às 12h49

Pearl Jam
Divulgação

The Black Keys - Uma das bandas de indie rock mais celebradas dos últimos tempos, eles já estavam na estrada desde 2001. Mas foi em 2010 que o grupo norte-americano lançou o disco Brothers, contendo o sucesso vencedor de um Grammy “Tighten Up”, que ajudou a abrir portas no mundo todo.
Alabama Shakes - Não é para qualquer banda fazer sucesso logo com o primeiro single do primeiro disco. Mas foi assim que aconteceu com o Shakes, banda do Alabama liderada pela poderosa voz de Brittany Howard, e a faixa “Hold On”.
Franz Ferdinand - O primeiro single do disco Franz Ferdinand até chegou a ouvidos variados ao redor do mundo, mas foi com o segundo, “Take Me Out”, que o grupo realmente conheceu o significado da palavra hit.
Hot Chip - O grupo de música eletrônica já tinha faixas em campanhas publicitárias na Inglaterra antes disso, mas as pistas daqui ferveram mesmo com “Ready For the Floor”. Não tinha como fugir da canção indicada ao Grammy um fim de semana que fosse.
Planet Hemp - "Mantenha o Respeito" e “Legalize Já” foram igualmente explosivas. Mas “Legalize Já” passou por toda uma carreira de censuras que tanto atrapalhou em alguns aspectos, quanto ajudou a aumentar o hype em torno da banda.
Vanguart - “Semáforo” fez a diferença para o Vanguart, levando a banda dos palcos dos festivais independentes até rádios e emissoras musicais. O single de 2006 ajudou para que o o grupo entrasse em estúdio para gravar seu primeiro álbum, que saiu no ano seguinte.
Pearl Jam - Foram muitos hits do Pearl Jam ao longo de mais de duas décadas de carreira. Mas o primeiríssimo foi esse, “Alive”, que fez parte da história da formação do grupo. Composta pelo guitarrista Stone Gossard, "Alive" era uma faixa instrumental chamada "Dollar Short" em uma demo que circulava para que o PJ fizesse sua busca por um vocalista. A fita chegou às mãos de Eddie Vedder, que escreveu a letra.
The Killers - "Mr. Brightside" e "Somebody Told Me" foram dois sucessos enormes, um atrás do outro. Juntos, foram responsáveis pela explosão do Killers. Mas "Mr. Brightside" saiu primeiro como single e merece o título de canção que deu o primeiro pontapé para o grupo ser o que é hoje.
Queens of the Stone Age - Absorvendo diversas influências e principalmente o stoner rock nascido uma década antes, a banda californiana conseguiu grande popularidade com hits como "Feel Good Hit Of The Summer".
Criolo - Ele já atuava com destaque na cena rapper paulistana desde o fim dos anos 80. Mas foi quando ele mudou o nome artístico de Criolo Doido para Criolo e lançou Nó na Orelha, disco que saía do rap puro e misturava outros estilos, que o grande público o conheceu. Especialmente por causa de "Não existe amor em SP", considerada a melhor canção nacional de 2011 pela Rolling Stone Brasil.