De Bon Iver a Kendrick Lamar: conheça as canções que marcaram a vida de Taylor Swift

Redação Publicado em 29/09/2015, às 18h30 - Atualizado às 18h51

Playlist - Taylor Swift - Abre
Evan Agostin/AP

1. “YOU’RE SO VAIN”, CARLY SIMON - 1972

A música fez todo mundo se perguntar: “Sobre qual exatamente famoso ela estava falando?” Senti as marolinhas dessa curiosidade pública absurda afetarem minhas próprias letras. Era uma pré-adolescente obcecada por poesia na primeira vez em que ouvi o fora genial [da letra da canção] “Você é tão vaidoso que provavelmente acha que esta música é sobre você”. Quase dez anos depois, Carly Simon e eu cantamos “You’re So Vain” diante de 65 mil fãs.


2. “THIS KISS”, FAITH HILL - 1998

Cantei essa música na minha audição para o coral na 4º série. Acho que ela mudou a maneira como eu via a música country e a música em geral. Todos amavam “This Kiss”, não só os fãs de country, mas de pop e rock também. Acho que dá para dizer que o tema me influenciou.


3. “LEGO HOUSE”, ED SHEERAN - 2011

Fiquei tão intrigada com essa faixa que pedi a Ed que compusesse para meu disco Red. Escrevemos em um quarto de hotel, em Phoenix, comemos hambúrguer e basicamente viramos uma presença constante na vida um do outro.


4. “BLOOD BANK”, BON IVER - 2009

Acho que é uma das canções de amor mais lindas que já ouvi. Meus versos preferidos: “Aquele segredo que conhecemos e não sabemos como contar/ Estou apaixonado por sua honra/ Estou apaixonado por suas bochechas”. Acho que gosto porque me lembra de como é sentir amor.


5. “THE MIDDLE”, JIMMY EAT WORLD - 2001

Lembro que a ouvi quando estava no ônibus escolar e ela me confortou, porque nunca achei que me encaixava em nenhuma panelinha da escola. Queria que cada adolescente solitário pudesse ouvir Jim Adkins cantar “Não se preocupe com o que eles dizem a si mesmos quando você não está perto”.


6. “HANDS DOWN”, DASHBOARD CONFESSIONAL - 2003

Minha experiência no ensino médio foi marcada por memórias de festas em que cantava “Hands Down”. É a melhor narração de um primeiro encontro inesquecível que já ouvi.


7. “BACKSEAT FREESTYLE”, KENDRICK LAMAR - 2012

No ano passado eu me mudei para Nova York e passei a lidar com dezenas de paparazzi do lado de fora da minha casa todo dia. No começo ficava muito nervosa toda vez que estava prestes a abrir a porta do carro. Eles se amontoavam em volta de mim e gritavam. Então, um dia, coloquei meu iPhone no shu e e “Backseat Freestyle” tocou. Algo na batida e na voz de Kendrick fez com que me sentisse segura.