Dedo no botão de pause: dez cenas com erros, curiosidades e bizarrices escondidas que nos fazem parar e voltar mil vezes

Redação Publicado em 04/07/2013, às 19h48 - Atualizado às 19h54

Dedo no pause - Abre
Reprodução

De Volta Para o Futuro Parte III

Sim, sim, a pobre criança provavelmente estava apenas muito apertada para ir ao banheiro. Todos sabemos que a rotina de filmagem pode ser brutal, especialmente para um garotinho, e há grandes chances de não ter nada de tão esquisito no gesto dele quanto a internet tenta especular (já foi dito até que ele estava tentando denunciar abusos sexuais). A questão intrigante aqui é: como ninguém viu isso na edição?


O Garoto do Futuro

Circula pela internet que um figurante do filme “se expôs” nessa cena. A verdade é que não dá para ver muita coisa, pelo menos nessa qualidade. O que fica claro é que, por alguma razão, ele estava com o zíper aberto e fechou no meio da cena. Há relatos de que a pessoa em questão, na verdade, é uma atriz, não um ator.


Três Solteirões e um Bebê

Essa é uma das histórias mais marcantes de “coisas que aparecem ao fundo” em uma cena de cinema. Falou-se muito que havia um fantasma de um garotinho na janela durante essa cena do filme família Três Solteirões e um Bebê. Mas foi explicado posteriormente que aquela é uma versão de papelão de Ted Danson. No filme, Danson interpreta personagem o Jack, que também é um ator. A imagem de cartolina fazia parte de uma história dentro da trama na qual Jack participava de um comercial, mas como a cena foi cortada, ficou tudo sem sentido e essa figura estranha na janela gerou muitas lendas.


O Rei Leão

Há um gosto especial por encontrar mensagens subliminares sexuais em filmes da Disney. Este é um dos casos mais famosos. Nesta cena, a poeira soletra “SFX”, uma homenagem ao time de efeitos especiais, segundo a versão oficial. Mas há quem jure de pés juntos que o que aparece é “sex”.


Clube da Luta

Pode conter spoilers

Os easter eggs e as aparições secretas de Brad Pitt em frames deste filme são suficientes para acabar com a pilha do controle remoto. Este vídeo ajuda a identificas duas delas. O diretor David Fincher explicou: "Nosso herói está criando Tyler Durden [Pitt] em sua própria mente, então neste momento ele existe somente na periferia da consciência do narrador".


Homem de Ferro 2

Se você é uma das pessoas que não notou o escudo do Capitão América lá no fundo, não se preocupe, foi discreto, Mas saiba que há uma multidão de pessoas mais atentas a detalhes do que você. “Colocaram lá como uma piada interna”, explicou o diretor Jon Favreau à época. “Todo mundo riu e eu disse para deixar lá, porque era legal, queria ver se alguém notaria. Claro que todo mundo viu”. A Marvel tem alguns dos fãs mais intensos da indústria, é c-l-a-r-o que não ia passar batido.


A Pequena Sereia

Mais um caso de procurar conteúdo sexual em filmes infantis, especialmente da Disney. Aqui, alega-se que o um integrante do clero tem uma ereção durante o casamento. Isso, somado ao fato de que a capa do VHS, em seu primeiro lançamento, tinha uma parte da estrutura do castelo com formato extremamente fálico, fez com que uma mulher do estado de Arkansas (EUA) entrasse com um processo (retirado dois meses depois) contra a Disney.


Star Wars

O stormtrooper que bate a cabeça sem querer ficou tão famoso que George Lucas acrescentou um som pra topada dele no relançamento do filme.


Instinto Selvagem

Talvez esse seja o momento mais rebobinado de todos os tempos, já que além de ser um momento “ops, o que eles fizeram aqui?”, também envolve Sharon Stone nua. Nunca uma cruzada de pernas rendeu tanto.


O Mágico de Oz

Além de assistir ao filme com a trilha sincronizada de The Dark Side of the Moon, do Pink Floyd, o filme instiga a rever e refletir sobre essa cena, que para muita gente parece mostrar que havia um Munchkin suicida pendurado em uma árvore. O que sempre se alegou oficialmente foi que aquilo era um animal, tipo um emu ou avestruz, e a versão remasterizada ajuda a perceber que essa é a explicação mais plausível. Porém, muita gente, inclusive o autor deste vídeo, não acredita e acha que o lançamento remasterizado alterou a cena para encobrir a história. Segundo foi explicado na época, os atores anões só chegaram aos estúdios para rodarem suas cenas semanas depois, então, era impossível que um deles tivesse se matado ali, com a câmera filmando.