Dez cenas clássicas de striptease em filmes

Redação Publicado em 23/04/2013, às 17h23 - Atualizado às 18h01

Galeria strip - abre
Reprodução/vídeo

Magic Mike - Um dos filmes sobre strippers mais marcantes dos últimos tempos. O longa élivremente baseado na vida de Channing Tatum, o protagonista, que realmente trabalhou na profissão no início da carreira.
9 1/2 Semanas de Amor - Essa cena serviu de inspiração para algumas das outras cenas de strip que surgiram depois no cinema. A música “You Can Leave Your Hat On”, composta por Randy Newman e gravada por ele para o disco de 1972 Sail Away, foi se tornar um hit de verdade na voz de Joe Cocker quando sonorizou o filme de 1986 de Adrian Lyne durante essa famosa cena de striptease.

The Full Monty (1997) - Strip Scene from Shelly on Vimeo.

Ou Tudo, Ou Nada - Na trama, seis trabalhadores da “cidade do aço” estão desempregados e formam um grupo performático de strippers - com o diferencial de que estão dispostos a tirar toda a roupa.
Striptease - O nome do filme meio que já justifica a presença dele na galeria sem a necessidade de mais explicações. No longa de 1996, Demi Moore é uma stripper em meio a uma disputa a guarda da filha e que acaba encrencada quando um congressista resolve gostar demais dela.
Closer – Perto Demais - De peruca rosa, a “Rainha Amidala” realizou um sonho fetichista dos fãs de Star Wars na pele da stripper Alice.
Barbarella - O filme de 1968 estrelado por Jane Fonda tem uma icônica cena de abertura que mostra como funciona um striptease em um ambiente de gravidade zero.
Sin City - A Cidade do Pecado - "A pequena e magrela Nancy Callahan. Ela cresceu e encorpou." Jessica Alba conta que passou um dia todo rebolando com esse chicote para a gravação dessa cena marcante de
Planeta Terror - No filme de Robert Rodriguez, Rose McGowan é Cherry Darling, uma dançarina que perde a perna. Está aí uma solução para o problema que a coloca de novo para dançar e, ao mesmo tempo, resolve a questão dos inimigos.
True Lies - A personagem de Jamie Lee Curtis tira a roupa para o personagem de Arnold Schwarzenegger, que vive seu marido (mas que se passa por outra pessoa nessa cena). A atriz ganhou o Globo de Ouro em 1994 na categoria Melhor Atriz de Musical/Comédia por esse papel.
Um Drink no Inferno - Certamente a dança mais exótica desta lista. Salma Hayek como Santanico Pandemonium e uma cobra.