Dez inesquecíveis cenas de dança do cinema

Redação Publicado em 02/08/2013, às 15h01 - Atualizado às 15h11

Galeria dança: Abre
Reprodução

Dirty Dancing - Ritmo Quente

Não são poucas as cenas entre Jennifer Grey e Patrick Swayze em Dirty Dancing. Mas o clímax ficou mesmo para esta sequência final, ao som de “(I've Had) The Time of My Life”. A música foi premiada com o Oscar e o Globo de Ouro, e a cena garantiu seu lugar na memória de espectadores.


A Bela e a Fera

Uma das principais cenas da história do cinema, a Fera cada vez mais perto de voltar a ser homem conduz Bela ao som da inesquecível “Beauty and the Beast”, interpretada por Angela Lansbury, vencedora do Oscar de Melhor Canção Original.


Os Embalos de Sábado à Noite

John Travolta se revelou em 1977, quando teve a seu dispor a pista de dança colorida para dançar ao som de “You Should be Dancing”, do Bee Gees. Talvez tenha criado também a coreografia mais marcante da história de Hollywood.


Quem Quer Ser um Milionário?

Que ideia genial foi colocar Dev Patel, o Jamal, e Freida Pinto, a Latika, para dançar ao som de “Jai Ho”, canção vencedora do Oscar, durante os créditos finais do filme de Danny Boyle. A cena transforma o final do filme em algo inesperado e inusitado.


O Lado Bom da Vida

O casal mais celebrado do ano passou todo o filme ensaiando para a aguardada grande noite em que competiriam com profissionais da dança. Não ganharam, claro, mas as variações na música e na coreografia parecem ser metáforas para a instabilidade emocional do dos dois.


Pulp Fiction - Tempo de Violência

Quentin Tarantino deve ter pensado nesta cena quando recrutou John Travolta para atuar ao lado de Uma Thurman. Vincent Vega e Mia Wallace deixam plateia boquiaberta quando resolvem fazer a criativa coreografia ao som de Chuck Berry.


Bande à Part

Foi provavelmente daqui que Tarantino tirou a ideia para Pulp Fiction. A situação criada por Jean-Luc Godard em 1964 é bem parecida – os personagens estão em um restaurante quando resolvem, inesperadamente, dançar. E por um milagre estão todos coreografados.


O Picolino

Depois de atuarem lado a lado em A Alegre Divorciada e Roberta, Fred Astaire e Ginger Rogers repetem uma das parcerias mais clássicas de Hollywood vestidos a rigor neste belo salão de dança.


Dança Comigo?

Peter Chelsom se apropriou do filme feito pelo japonês Masayuki Suo em 1996 e fez versão tipicamente norte-americana. Esta cena de Richard Gere e Jennifer Lopez exala química e deve ser uma das coisas mais sensuais já feitas por Hollywood.


O Artista

O filme de Michel Hazanavicius conquistou o público com a criatividade para transformar clima nostálgico em um longa contemporâneo. E nada mais clássico que essa cena de sapateado entre Jean Dujardin e Bérénice Bejo.