Em lançamento de coleção, Kim Kardashian fala sobre a mulher brasileira e técnicas para uma boa selfie

Socialite veio ao país para divulgar linha de roupas desenvolvida em parceria com a C&A

Thiago Neves Publicado em 11/05/2015, às 15h51 - Atualizado em 13/05/2015, às 20h16

Kim Kardashian durante entrevista coletiva em São Paulo.

Ver Galeria
(5 imagens)

Eleita uma das personalidades mais influentes do mundo, segundo a revista Time, Kim Kardashian é o símbolo de uma geração de celebridades superexpostas. “Rainha das Selfies”, Kim faz parte de um reality show que tem como tema o cotidiano da família dela, intitulado Keeping Up With The Kardashians - que está na 10ª temporada. Curiosamente, antes da entrevista coletiva que aconteceu nesta segunda, 11, em São Paulo, uma das assessoras veio ao microfone e estabeleceu: “Não serão permitidas perguntas pessoais. Respeitem a determinação ou teremos que intervir”. Ao lado da jornalista Lilian Pacce e do vice-presidente comercial da C&A, a socialite conversou com os jornalistas em um shopping de luxo na capital paulista.

Kanye West responde críticas de Fern Mallis acerca de coleção para adidas Originals.

A relação de Kim Kardashian com a moda é, além de antiga, profunda e complexa. Dona de uma grife ao lado das irmãs, a norte-americana é casada com Kanye West, que recentemente lançou uma coleção desenvolvida em parceria com a adidas Originals. Em voo solo, Kim contou como foi elaborar uma linha de roupas para o público brasileiro: “Estive no país há dois anos, quando estava grávida, na ocasião eu não me sentia bem sobre meu corpo, e só pensava em como eu gostaria de me vestir como muitas da mulheres brasileiras. Gosto de valorizar as curvas, mas da maneira certa”.

Kanye West: "Quero ser diretor criativo da Gap".

As peças, que chegam às lojas da C&A em 21 de maio, tem o DNA de Kim, esbanjando sensualidade e dialogando com o que é produzido no mundo da moda nos dias de hoje. “Fiquei muito satisfeita com o resultado, essas são peças que eu realmente uso, que estão no meu guarda-roupa”, explica a empresária. Apesar de ser um ícone de estilo, Kim ressaltou a importância de West no amadurecimento das ideias sobre as peças: “Na primeira vez em que fomos a Paris, ele me apresentou diversos estilistas, pessoas das quais eu sou fã e esse aprendizado foi essencial para estarmos aqui hoje”, afirma a socialite.

Galeria: 12 escândalos do mundo da moda

Kim Kardashian, que tem fãs dos mais diferentes estratos sociais, comemorou o fato de as peças serem vendidas a preços populares. “Eu demorei pra entender isso, mas tenho fãs dos mais diversos tipos. Tenho que ter isso em mente quando empresto o meu nome para algum tipo de produto”. Em sintonia com o marido, Kim acredita que a moda é um bem que deve ser acessível a todos. “Sempre entendi o luxo como um conceito, podendo ser explorado em peças de US$ 5 mil ou R$ 25,90 (o preço inicial da coleção na C&A)”.

Meticulosamente produzida, Kim falou sobre quanto tempo gasta para de vestir e qual a melhor técnica para tirar uma selfie. “Estaria mentindo se falasse que consigo me arrumar rápido. Existe uma equipe que trabalha para isso. Minha imagem faz parte do meu negócio, portanto, não há muito espaço para erros”. Após prometer, de forma simpática, tirar uma foto com cada um dos presentes, a socialite tirou uma grande selfie coletiva e se despediu.