Estilista e militante política Zuzu Angel é tema de exposição em São Paulo

Ocupação Zuzu fica em cartaz entre 1º de abril e 11 de maio no Itaú Cultural

Redação Publicado em 29/03/2014, às 13h05 - Atualizado às 15h30

Estilista e militante política Zuzu Angel

Ver Galeria
(3 imagens)

Zuzu Angel, estilista considerada pioneira na moda e na luta contra a ditadura militar, ganha exposição na série de mostras Ocupação deste ano no Itaú Cultural. O acervo exposto reunirá 400 peças – entre elas vestidos, croquis, documentos, objetos, fotos e cartas da estilista que tinha entre as clientes Joan Crawford, Liza Minelli e Kim Novak.

Zuzu, assassinada pelo regime militar em 1976, se tornou ícone ao lutar contra a ditadura – seu filho, o militante político Stuart Angel Jones, foi torturado e assassinado em 1971. Mais de 40 designs assinados pela estilista serão expostos. Entre eles, peças da memorável coleção de protesto que realizou em Nova York no começo dos anos 70.

“Esta exposição afirma o entendimento da moda como importante segmento de reflexão da cultura e arte contemporâneas e possibilita a fruição e a análise da vida e da obra de uma das mulheres mais singulares da nossa história, Zuleika Angel Jones”, disse Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural.

Ocupação Zuzu entra em cartaz dia 1º abril, data que marca o aniversário de 50 anos do golpe militar, e permanece até 11 de maio, dias das mães.

Assista abaixo ao vídeo de Hildegard Angel, filha de Zuzu Angel, falando sobre a mãe, e veja acima a galeria completa de fotos.

Ocupação Zuzu

1º de abril, das 9h às 17h, e de 2 de abril a 11 de maio em horário normal

Itaú Cultural - Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h

Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h

Entrada franca