13 escolhas ruins para nomes de banda

Redação Publicado em 02/07/2013, às 16h17 - Atualizado às 19h42

Galeria piores nomes: Abre
Jeff Christensen / AP

The Devil Wears Prada

Esta banda de metal cristão de Ohio escolheu seu nome depois da adaptação de 2006 do livro de Lauren Weisberger que se tornou um grande sucesso nos cinemas, mas não funciona como nome do grupo. Já é uma marca popular como livro e filme. É como dar o nome de Jurassic Park a uma banda em 1992, por exemplo. Os integrantes juram que escolheram esse nome apenas para mostrar que o materialismo e o consumismo são coisas do inferno, mas só faz as pessoas pensarem em Meryl Streep e Anne Hathaway. Francamente, é incrível que nenhum empresário ou gravadora tenha os feito repensar essa decisão. É também de se pensar porque não foram processados, mas pode significar que toda vez que eles tocam um grupo de mulheres de 30 anos se reúne para descobrir se há alguma relação com o produto original.


Natalie Portman's Shaved Head

O filme V de Vingança foi um sucesso em 2005 e introduziu ao mundo a máscara de Guy Fawkes, hoje relacionada ao Anonymous. Também deu a um grupo de garotos de Seattle uma ideia muito, muito ruim de nome para banda. Natalie Portman fica careca em V de Vingança, então eles nomearam a banda como Natalie Portman's Shaved Head (A Cabeça Raspada de Natalie Portman). A banda, mesmo assim, conseguiu alguma popularidade e em 2010 resolveu mudar o nome para Brite Futures. Dois anos depois, o grupo acabou.


Toad the Wet Sprocket

No filme Quanto Mais Idiota Melhor (1992) os personagens listam quais nomes de músicos e bandas mais se parecem com o órgão genital masculino. No topo da lista, logo abaixo de CeCe Peniston, estava Toad the Wet Sprocket. Para ser justo, o grupo tirou esse título de uma banda ficcional citada em um esquete do Monty Python. Mas porque teve alguma graça na tela o grupo passou 30 anos vinculado a este nome. Isto não quer dizer que é uma banda ruim. Eles só fizeram uma má escolha em 1986 e estarão presos a ela para sempre. Eles podem, de qualquer forma, mudar o nome para Brite Futures, que está vago no momento.


Dogs Die in Hot Cars

Antes de fazer graça sobre esse nome, há de se dizer que a banda escocesa tem uma boa lição: cachorros realmente morrem em carros quentes. Por favor, nunca deixe seu animal sozinho por qualquer período dentro do carro em um estacionamento, porque o carro fica muito quente até mesmo com janelas abertas.

Mas isto não justifica o nome Dogs Die in Hot Cars. Só faz todo mundo lembrar que o amado animal de estimação um dia vai morrer, talvez por sua própria culpa. Bebês também morrem em carros quentes. Até pais responsáveis às vezes esquecem suas crianças dentro de carros. É uma das coisas mais horríveis do mundo, mas acontece. Não queremos pensar nisto enquanto escutamos música. A banda poderia ter um nome mais animador, como Dogs Love Long Walks ou Dogs Enjoy Cookies.


Cherry Poppin' Daddies

Por onde começar? Assim como cachorros morrem em carros quentes, alguns pais fazem coisas horríveis com suas filhas. É a coisa mais hedionda do planeta. Pode ser a última coisa que alguém quer visualizar ao escutar música. Claro, a banda escolheu este nome de uma canção antiga de blues. Também não cita claramente nenhum tipo de abuso sexual, mas sugere. Isto já é o suficiente.


Anal Cunt

Não somos um monte de puristas, mas esta passa dos limites. O que exatamente significa esse nome grosseiro? Estariam eles descrevendo um orifício feminino híbrido imaginário? Não sabemos. A banda de grindcore de Massachusetts afirma que foi apenas uma brincadeira feita no disco de estreia que de alguma forma ficou para sempre. Eles já se separaram algumas vezes desde 1988, mas o Anal Cunt sempre volta.


Panic! At the Disco

A banda emo de Las Vegas está na lista principalmente pelo estranho uso do ponto de exclamação. Ela introduziu a ideia no mundo da música e chegou mais ao menos na mesma época que Portugal. The Man e, mais tarde, o Fun. Eles abandonaram o ponto de exclamação com o disco Pretty. Odd. (2008), mas a pedidos de fãs voltaram com o antigo nome um ano depois.


Hoobastank

Nós geralmente não temos problemas com nomes de banda nonsense. Alguma coisa como Depeche Mode, Duran Duran ou até Kajagoogoo funciona. Mas Hoobastank é demais. Soa vulgar e rude, e o fato de que costumam estilizar trocando dois 'o' pelo símbolo do infinito não ajuda em nada. A banda não lança um hit desde “The Reason”, de 2003, mas você pode encontrá-los em alguns festivais da temporada norte-americana de verão.


Confrontation Camp

Eis uma dica para todos: quando você é conhecido por constantemente dizer coisas antissemitas, nomear a sua banda como Confrontation Camp não é uma ideia muito boa. Mas é exatamente assim que Professor Griff, do Public Enemy, batizou seu projeto com Chuck D. Para aqueles que não lembram, em 1989 Griff disse ao jornal Washington Times que “os judeus são responsáveis pela maioria da maldade no mundo”. Ele disse que aprendeu coisas assim no Os Protocolos dos Sábios de Sião, um livro amado pelos nazistas que também não vê os negros com bons olhos. A coisa ganhou grande proporção e ele chegou a ser temporariamente expulso do Public Enemy. Em 2000 resolveu não evitar memórias do tipo ao nomear seu projeto com algo que lembra a expressão “campo de concentração” (concentration camp).


Dave Matthews Band

Existem provavelmente poucos nomes tão sem graça no mundo como Dave Matthews. Quando ele formou a banda em 1991, poderia ter colocado qualquer outro nome. Ela não tem que se chamar Dave Matthews Band para que todos saibam quem está no comando. Trent Reznor (que tem um nome muito mais legal) tem o Nine Inch Nails e todo mundo sabe que é ele quem manda. Por outro lado, pode ser um truque, porque assim ninguém pode demiti-lo. Talvez John Geils também se sentisse assim – até ser demitido da J. Geils Band no ano passado.


Dale Earnhardt Jr. Jr.

Para deixar as coisas mais claras, Dale Earnhardt Sr. é um lendário piloto da NASCAR que morreu durante uma corrida em 2001. Seu filho, Dale Earnhardt Jr., é um piloto da mesma categoria muito bem sucedido. Então, tem o Dale Earnhardt Jr. Jr. Eles são uma banda de indie de Detroit com um nome ruim. “Moramos em Detroit e lá não escutávamos na rádio muito sobre a NASCAR, mesmo que seja um dos esportes mais populares do país”, eles explicaram à ESPN certa vez. “Foi interessante colocar no indie rock um pouco deste ícone cultural. Eu enviei a Dale Earnhardt Jr. um e-mail para explicar que não estávamos fazendo piada dele, e ele respondeu e foi muito simpático.”


Anderson Bruford Wakeman Howe

Muita gente tirava sarro nos anos setenta do Emerson, Lake and Palmer porque o nome da banda soava como uma firma de advocacia, mas é um nome elegante perto de Anderson Bruford Wakeman Howe. Para ser justo, os ex-integrantes do Yes não estavam em uma situação fácil em 1988 – não podiam excursionar com o nome que os consagraram porque outros músicos detinham a marca Yes. Então, resolveram combinar todos os sobrenomes. Os fãs sabiam que na verdade se tratava de quatro quintos da formação clássica do Yes, e realmente venderam muitos ingressos de shows. Cerca de um ano depois, as duas versões do Yes se juntaram em uma grande reunião. Hoje em dia, apenas Howe se apresenta com o Yes. Se ele sair, é possível que se veja o aguardado retorno do Anderson Bruford Wakeman Howe.


The Beatles

Antes que comecem os comentários furiosos, pensem sobre o nome dessa banda. Beatles é um trocadilho bobo. Isto é tudo. Eles tinham a ideia de se batizar com o nome de algum inseto, como the Crickets (Os Grilos), mas mudaram para fazer o trocadilho com a palavra beat. Simples assim, não tem nenhuma profundidade ou significado escondido. Um trocadilho que deve ter divertido alguém em 1962 e de tão repetido se tornou normal. Eles são a melhor banda da história, mas isto não significa que o nome seja genial.