Gwyneth Paltrow é criticada por fotos de meninas de biquíni em site de roupas

Atriz é dona da goop, marca que anunciou peças “para meninas que querem parecer adultas”

Redação Publicado em 24/04/2013, às 16h36 - Atualizado às 16h59

Gwyneth Paltrow é a professora Holly Holiday em Glee
AP

Gwyneth Paltrow se envolveu em uma confusão virtual ao usar como modelos de seu site de vendas de roupas crianças de 4 a 8 anos com peças consideradas adultas. Segundo ativistas, as fotos “sexualizam” as garotas.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“Continuamos fazendo oposição à sexualização de crianças e da infância. Os perigos são discutidos há muito tempo, então é muito ruim que tendências como essas continuem e que tenham o apoio de uma celebridade”, disse ao jornal Daily Mail a ativista Claude Knight, da Kindscope, que defende os direitos da criança.

Gwyneth é dona do site goop (que é também uma publicação virtual), que comercializa roupas e agora lançou duas exclusivas peças de praia para crianças. “Ótimo para meninas que querem parecer adultas”, diz a descrição do produto. Na página do Facebook da marca, os anúncios das peças também foram bastante comentados e criticados.