Kiss estrela campanha do estilista John Varvatos e faz show no antigo CBGB

Banda tocou “Rock & Roll All Nite” e “C'mon and Love Me”, além de dar depoimento sobre a importância da moda para os integrantes

Rolling Stone EUA Publicado em 14/01/2014, às 12h33 - Atualizado às 13h36

Galeria - Bandas que nunca chegaram ao topo nos EUA – capa
Christopher Barth/AP

O Kiss sempre tratou das extravagantes roupas e maquiagens usadas pelos integrantes como “equipamento de guerra”, mas, agora, o quarteto experimenta uma abordagem fashion mais sutil e elegante com os ternos de John Varvatos. No novo vídeo da campanha do designer para a coleção Primavera-Verão 2014, a banda fez uma performance intimista para 200 fãs surpresos na loja de Varvatos, justamente o lugar que, anteriormente, abrigou o CBGB.

Galeria - Roqueiros também são bons de marketing.

O vídeo de três minutos mostra a banda tocando dois clássicos da carreira, “Rock & Roll All Nite” e “C'mon and Love Me”, vestidos ternos novos. As cenas do grupo ao vivo são intercaladas por entrevistas com o baixista Gene Simmons e o guitarrista Paul Stanley. Nelas, eles falam sobre o rock, os críticos e a importância da moda na carreira deles.

“A qualquer momento que alguém se fantasia, seja para o Super Bowl [final de campeonato de futebol norte-americano], seja para o World Series [de beisebol] ou seja para a batalha, você está meio que se preparando para uma guerra”, disse Stanley, soando como uma versão glam rock de Barney, da série How I Met Your Mother. “Você quer ganhar. Esta é o meu equipamento de guerra. Este é meu traje. Você pode ir até lá e se divertir, mas eu estarei bastante sério, com todas as minhas armas carregadas e uma guitarra de seis cordas que pode matar.”

“Eu provavelmente tenho um parafuso solto dentro da minha cabeça”, disse Simmons. “Se fosse de outra forma, eu não estaria usando maquiagem e salto alto.”

Acredite se quiser: veja lista de dez artistas que amamos e nunca chegaram ao topo da parada nos EUA, como o Kiss.

Em dezembro de 2013, o Kiss finalmente foi eleito para o Hall da Fama do Rock and Roll. Os fãs mais ardorosos estão torcendo por uma reunião da formação clássica, com o baterista Peter Criss e o guitarrista Ace Frehley. As chances são boas: Frehley disse à Rolling Stone EUA que ele “consideraria aceitar a reunião do Kiss se ela fosse apresentada propriamente”. Simmons também está disposto à reunião, afirmando que Criss e Frehley “são igualmente importantes para a formação da banda.”