Lojas virtuais de roupas apostam em “avatar” como substituto para provadores

Ferramenta simula adequação de peça ao corpo virtualmente

Redação Publicado em 01/10/2013, às 15h00 - Atualizado em 02/10/2013, às 13h12

QVit
Reprodução

A internet ampliou de forma quase infinita as possibilidades para compras, mas quando a peça em questão é de vestuário, ainda é grande o perigo de insatisfação. Principalmente em relação a peças que demandam adequação no corpo e, virtualmente, são adquiridas sem que sejam antes experimentadas. Uma solução acaba de ser proposta por empreendedores do ramo – uma espécie de “avatar” que permite a simulação digital daquilo que antes acontecia dentro dos provadores.

Uma das iniciativas do tipo é do site Qvit.com. “Queríamos ter uma figura que replicasse seu corpo e permitisse que você experimentasse peças, em uma espécie de você virtual”, explicou Laura Pastrana, fundadora do site, em entrevista ao The Huffington Post. “Não estamos procurando o que os estilistas acreditam ser a forma perfeita”, disse. “Queremos olhar mais para uma forma desejada, ou seja, como você quer vestir, como isto reflete seu estilo de vida ou até o seu humor.”

A ferramenta tem três diferentes tipos de medição. Uma funciona como um espelho, com as peças em sobreposição ao corpo. Outra deixa a peça transparente, para que seja perceptível a distância entre a roupa e o corpo. E a terceira trabalha com zonas coloridas que indicam se a peça está apertada ou folgada demais. Veja o vídeo explicativo: