Loretta Lynn completa 76 anos

Redação Publicado em 16/04/2012, às 16h10 - Atualizado às 16h20

Loretta Lynn
AP

“You Ain't Woman Enough (To Take My Man)” - Os problemas que Loretta teve com seu marido Doolittle serviram de base para um grande número de canções de sucesso. Neste hit de 1965, Loretta ameaça uma outra mulher que compete pela atenção de seu marido.
"Fist City" - Desde o começo de sua carreira, Loretta teve problemas com as rádios de country music, que consideravam suas composições muito “pesadas”. Este hit lançado 1965 em trata basicamente do mesmo assunto de “You Ain't Woman Enough (To Take My Man). Loretta fala que vai transformar em saco de pancadas uma mulher que flerta com seu marido.
"Coal Miner's Daughter” - Esta canção autobiografica relata a infância da cantora no Kentucky é até hoje sua marca registrada. Lançada originalmente em 1970, foi também a base para o filme do mesmo nome produzido em 1980 (no Brasil, com o título O Destino Mudou Sua Vida), com Sissy Spacek vivendo Loretta, em uma atuação que lhe deu o Oscar de melhor atriz.
"Rated X" - Lançada no final de 1972, "Rated X” se tornou a sexta canção de Loretta a chegar ao primeiro lugar. A letra fala das mulheres que ficam marcadas depois de divórcio. A dupla White Stripes gravou uma versão ao vivo e a usou como lado B do single "Hotel Yorba" de 2001.
"One's on the Way" - Aqui, Loretta se coloca no papel de uma mulher comum, cuja vida é bem distante do glamour das estrelas de cinema. Grávida novamente (o título fala “mais um está a caminho”), ela comenta que pílula e os movimentos feministas estão mudando a vida das mulheres, mas a esta altura não vão fazer diferença na dela.
"Louisiana Woman, Mississippi Man" - No começo dos anos 70, Loretta gravou vários hits ao lado do amigo Conway Twitty. Este clássico, em ritmo de cajun, foi lançado em 1973 e permaneceu no primeiro lugar da parada country por 13 semanas. A faixa ganhou uma nova vida depois que entrou para a trilha do vídeo game Grand Theft Auto: San Andreas.
"Don't Come Home A' Drinkin' (With Lovin' on Your Mind)” - Lançada em 1967, esta canção foi primeira de Loretta a chegar ao topo da parada country. Baseada em experiências pessoais, a faixa fala de uma esposa cansada de aturar o marido que chega em casa bêbado querendo sexo.
“You're Lookin' At Country” - Loretta Lynn sempre teve orgulho de suas raízes. Afinal, ela é uma mulher nascida e criada com as tradições do campo e conseguiu levar sua mensagem para aos quatro cantos do mundo. Este hit de 1971 fala das montanhas, paisagens e tradições do local onde ela cresceu.
“Van Lear Rose” - Esta é a canção que dá titulo ao álbum que Loretta lançou em 2004, com produção de Jack White. O músico sempre foi um grande fã de Loretta o álbum ajudou a apresentar para as novas gerações a música e imagem da pioneira. Van Lear é a região de minas de carvão do Kentucky onde Loretta nasceu.
"The Pill" - Quando lançada em 1975, esta canção causou um enorme impacto, já que discutir controle de natalidade na música country era tabu. Apesar de inúmeras rádios terem banido a sua execução, a música vendeu bem e chegou ao terceiro posto da parada country. Se tornou também um hit pop.