Nove trilhas sonoras incríveis de videogames

Redação Publicado em 12/10/2013, às 12h37 - Atualizado às 12h39

Capa Galeria Trilha de Videogames
Reprodução

1 - Super Mario Bros. (1985)

A trilha do Super Mario Bros., composta por Koji Kondo em nada além de um pequeno teclado, contém apenas seis músicas, mas é, sem dúvida, a mais icônica na história dos games. A faixa principal, oficialmente conhecida como “Ground Theme”, é tão chiclete que o próprio Kondo se pergunta se ele conseguiria se superar.


2 - The Elder Scrolls V: Skyrim (2011)

A trilha de Skyrim é tão pesada e extensa quanto o próprio jogo (a versão comercial ocupa quatro discos). Para a música tema “Dragonborn”, o compositor Jeremy Soule usou um coral masculino de aproximadamente trinta cantores e escreveu as letras na língua original dos dragões, Dragonic. Nerd? Claro, mas esse nível de detalhamento pode ser encontrado em todos os aspectos do game e justifica por que tantas pessoas ainda jogam depois de dois anos do seu lançamento.


3 - Tetris (1984)

As músicas do Tetris, especialmente o tema baseado na canção folclórica russa "Korobeiniki", são familiares até pra quem não é fã do jogo. A faixa é baseada no poema de 1861 de Nikolay Nekrasov e conta a história de amor entre um vendedor ambulante e uma camponesa. O que isso tem a ver com os blocos coloridos que caem na tela, ninguém sabe.


4 - Red Dead Redemption (2010)

Red Dead Redemption não é simplesmente um dos melhores jogos recentes; é também uma obra-prima como história cinematográfica e uma trilha extremamente chamativa. Para testemunhar: na metade do jogo, quando John Marston faz o longo trajeto de quatro minutos para atravessar a fronteira do México pela primeira vez, algo memorável acontece – o barulho de fundo vai sumindo e uma música assombrosa de José González, “Far Away”, toca. É um momento inesperado e sutilmente poderoso que indica o futuro de Marston.


5 - Metal Gear Rising: Revengeance (2013)

Alguns dos fãs originais se frustraram com as mudanças, mas como jogo de ação, Metal Gear Rising: Revengeance é inegavelmente incrível. A trilha de techno-rock, composta por Jamie Christopherson (Lost Planet, The Golden Compass) complementa o nível de energia propulsiva e ação frenética do jogo.


6 - Final Fantasy VII

O Final Fantasy VII se destaca dos demais por causa dos personagens convincentes, gráficos, jogabilidade e, logicamente, pela trilha, composta por Nobuo Uematsu. Desde o tema alegre às músicas marciais que tocam durante cada batalha, a trilha sonora captura os altos e baixos emocionais do jogo. Mas a maioria dos jogadores se lembra melhor de "Aerith's Theme", a faixa melancólica que toca depois de o personagem ser abruptamente assassinado.


7 - Portal (2007)

Boa parte da trilha sonora de Portal consiste em uma música eletrônica ambiente, mas se destaca durante os créditos finais, quando a faixa “Still Alive” é cantada por GLaDOS, o assassino com inteligência artificial do jogo. A música ficou tão popular que aparece disponível para download na franquia Rock Band.


8 - Castlevania: Symphony of the Night (1997)

Michiru Yamane, antiga compositora da equipa da Konami, é responsável pela música de dezena de jogos, incluindo Nemesis e Suikoden. Mas a trilha composta para Castlevania: Symphony of the Night é, sem sombra de dúvida, seu melhor trabalho. É teatral, grandioso e, acima de tudo, arrepiante. Em outras palavras, é perfeita para um jogo cujo protagonista é o filho do Drácula.


9 - Halo (2001)

A música de Halo evoluiu desde o começo da série, em 2001, mas permanece consistentemente agitada e é a perfeita companhia para as aventuras do Master Chief. A música tema, que é uma mistura de canto gregoriano, cordas e percussão, ainda nos deixa no clima para lutar contra a aliança alienígena de Covenant. Alguém viu onde deixamos nossas armas?