O ano nos clipes: os vídeos mais legais de 2012

Redação Publicado em 25/12/2012, às 11h58 - Atualizado às 12h05

Melhores Clipes de 2012
Reprodução

Ok, os músicos do Hot Chip estão jogando futebol no videogame, normal. Opa, mas peraí: isso não está tão normal, não! Uma partida de futebol digital se transforma em uma imensa pista de dança até os jogadores se transformarem em paladinos do amor.
Dá para imaginar o tanto de trabalho que o Nevilton teve para gravar esse clipe. Só de ensaio para que um relógio humano fizesse uma contagem regressiva muito tempo deve ter sido gasto, e não bastasse isso intervenções de líderes de torcida incomuns quebram qualquer possibilidade de monotonia.
É como uma resposta musical à série The Walking Dead filmada em um set futurista pós-apocalíptico cheio de cidadãos estranhos que você nunca viu. Tudo parece bem esquisito, mas fica ainda mais bizarro quando os personagens resolvem fazer uma coreografia bem inusitada.
De onde será que surgiram essas ideias? Quando alguém falou: “Que tal tocar embaixo d’água?”, todo mundo deve ter pensado que seria impossível. Mas deu certo, e esta é apenas uma das muitas cenas incrivelmente criativas que ilustram o clipe d’O Terno.
A quantidade de vídeos que Nicki Minaj estrelou no ano foi surpreendente, e onde ela está as cores estão junto. Neste vídeo ela aparece ao lado de uma surpreendente Cassie com o cabelo curto. As duas protagonizaram um dos melhores vídeos do ano.
Daniel de Oliveira não é mais Cazuza. Agora ele se transformou no melancólico personagem que se veste de noiva no clipe “A Pena Mais Que Perfeita”, de Gui Amabis. O clipe tem direção do ator ator Julio Andrade e do quadrinista Rafael Grampá.
Como as pessoas gastavam tempo no trabalho antes de “Gangnam Style”? A princípio, pareceu que seria só mais um viral, mas a cada visualização ele ficava mais estranho. O coreano conquistou o mundo com sua dança e foi seguido por uma multidão de paródias. Difícil fugir do espírito pop de Psy.
O ótimo clipe de “Subirusdoistiozin” já tinha mostrado uma boa versão de uma música do álbum Nó na Orelha. O vídeo de "Mariô" mostrou algo completamente diferente, mas igualmente criativo.
Alguns comentários no YouTube afirmam que “esse é possivelmente o pior vídeo que eu já assisti”. A ofensa é grande, mas o clipe sobrevive a isso. Kanye traz um conceito de grande orçamento e transforma um estacionamento em algo extremamente sexy. Quem tentaria algo assim? Só Kanye West.
O novo disco do Racionais não saiu, mas o grupo de Mano Brown também não se restringiu a lançar a música “Mil Faces de um Homem Leal (Marighella)” e preparou um clipe caprichado com imagens da cidade de São Paulo e vídeos de arquivo.
A “oração punk” do Pussy Riot foi muito mais do que um vídeo bacana – a intervenção da banda em uma igreja de Moscou, na Rússia, em protesto ao governo de Vladimir Putin rodou o mundo e rendeu às integrantes a prisão por desordem pública.
Todo mundo já tinha percebido que Cícero era um grande talento e tinha feito um bom trabalho com o disco Canções de Apartamento, mas ninguém imaginava que ele tinha o poder de desafiar a lei da gravidade e tocar violão enquanto anda pela parede.