As melhores canções de hip-hop dos anos 1990 segundo os leitores da Rolling Stone

Redação Publicado em 18/08/2015, às 16h13 - Atualizado às 16h58

Galeria rap 1990 - abre
AP

10. 2Pac, "Hit 'Em Up"

Drake e Meek Mill podem continuar tentando, mas a maior música de hip-hop criticando alguém já foi feira: "Hit 'Em Up”, do 2Pac. O rapper da costa oeste soa quase alegre quando tira sarro de Biggie e dos artistas da costa leste dos EUA, afirmando que já dormiram com as mulheres do inimigo e fazendo piada com o diagnóstico médico de Prodigy.


9. Snoop Dogg, "Gin & Juice"

O maconheiro favorito do hip-hop fez dessa obra um hino descontraído. Ao lado de “What’s My Name?”, single de estreia de Doggystyle,"Gin and Juice" colaborou para que Snoop Dogg começasse a carreira com aceitação da crítica.


8. Ice Cube, "It Was a Good Day"

Ice Cube tirou uma folga dos obscuros temas sobre a periferia para celebrar os dias melhores. "It Was a Good Day" apresenta um conto mais mundano do que os que os fãs do N.W.A. estavam acostumados. Como prova do seu talento, Cube faz um dia com simples prazeres soar como o melhor de todos.


7. The Notorious B.I.G., "Juicy"

Ready to Die, disco de estreia de Biggie, foi inovador por muitos motivos, mas o hábil balanço e a capacidade de contar histórias são os maiores trunfos do registro. Tudo isso pode ser escutado em “Juicy”. Mesmo 20 anos após o lançamento, a faixa soa espetacular.


6. Nas, "N.Y. State of Mind"

Illmatic se tornou um clássico pela capacidade de narrar com clareza como é a vida na periferia das grandes cidades dos EUA. A habilidade de Nas como um contador de histórias o fez ganhar espaço no cenário do rap nos anos 1990 e, em um disco repleto de faixas icônicas, "N.Y. State of Mind" é a maior delas.


5. Digable Planets, "Rebirth of Slick (Cool Like Dat)"

O trio de jazz-rap Digable Planets talvez não tenha alcançado a mesma fama de grupos como A Tribe Called Quest e De La Soul, no entanto, eles foram os autores da inesquecível "Rebirth of Slick (Cool Like Dat)". Entre a pulsante linha de baixo e o poderoso refrão, não é estranho que o single tenha alcançado o topo das paradas.


4. Vanilla Ice, "Ice Ice Baby"

O solitário sucesso de Vanilla Ice é a típica canção que qualquer um consegue rimar junto com a música. Isso é um grande mérito. Guiado pela linha de baixo de “Under Pressure”, “emprestada” pelo Queen, “Ice Ice Baby” é uma das faixas mais grudentas da década de 1990.


3. 2Pac e Dr. Dre - "California Love"

Tupac viveu como o Rei da Califórnia durante a sua breve carreira, portanto, é apropriado que ele criasse um hino para a cidade em que nasceu e cresceu. Em parceria com Dr. Dre, o single de 1995 facilitou o retorno de Pac após o período na prisão, retomando a relação com Suge Knight e a Death Row Records.


2. Beastie Boys, "Sabotage"

O rapcore alcançou o pico estético com o mais pesado dos singles do Beastie Boys, “Sabotage”. Retomando os dias de hardcore e punk, Ad-Rock, MCA e Mike D mostraram as habilidades na guitarra, baixo e bateria, respectivamente, elaborando uma explosão de sons incrível. O clipe dirigido por Spike Jonze provou ser tão memorável quando a canção.


1. Dr. Dre part. Snoop Dogg, "Nuthin' But a 'G' Thang"

O primeiro single do disco de estreia de Dr. Dre, The Chronic (1992), não apenas conta com uma das batidas mais memoráveis da década; a faixa ainda ajudou o ex-membro do N.W.A a se tornar um astro em carreira solo. Além disso, a música mostrou ao público um rapper chamado Snoop Doggy Dogg, que lançaria Doggystyle, o primeiro disco dele, no ano seguinte.