Os recordistas do Grammy

Redação Publicado em 15/12/2012, às 12h17 - Atualizado às 12h20

Este fim de semana tem a entrega do Grammy. Que tal aproveitar a onda para conhecer alguns dos maiores vencedores da história da premiação? Um deles é Bruce Springsteen (foto).
Reprodução / Facebook Oficial

Alison Krauss

O título de maior vencedor da história do Grammy pertence ao maestro Georg Solti, da Chicago Symphony Orchestra. Entre os artistas pop, os recordistas de gramofones são a cantora norte-americana Alison Krauss e o produtor Quincy Jones, que possuem 27 prêmios. Entre os troféus de Alison, estão os de Gravação do Ano por “Please Read the Letter” e o de Álbum do Ano por Raising Sand, feitos junto ao vocalista Robert Plant e vencedores em 2009.


U2

Entre as bandas, os donos do maior número de troféus da premiação concedida pela Academia Nacional de Artes e Ciências da Gravação são os irlandeses do U2. Com nada menos que 22 prêmios, Bono, The Edge, Larry Mullen Jr. e Adam Clayton já conquistaram por duas vezes o prêmio de Álbum do Ano, um dos mais importantes da premiação.


Santana

Outro recorde que pertence ao U2 é o de álbum mais vencedor em apenas uma cerimônia do Grammy: nove, com o disco How to Dismantle an Atomic Bomb, em 2006. Entretanto, há nessa categoria um empate, uma vez que o guitarrista mexicano Carlos Santana também conquistou nove prêmios no Grammy de 2000 com seu disco cheio de colaborações Supernatural.


Taylor Swift

Uma das apresentadoras da cerimônia de indicações ao Grammy 2012 (que acontece em 10 de fevereiro de 2013), Taylor Swift é a artista mais jovem a ganhar um Disco do Ano. Quando levou para casa o troféu da categoria por Fearless, a cantora tinha apenas 20 anos, 1 mês e 18 dias. Mas o prêmio de mais jovem vencedora do Grammy é da cantora country LeAnnRimes, que venceu na categoria Revelação quando tinha apenas 14 anos, em 1997.


Adele

Apenas dois artistas têm a honra de já ter conquistado os quatro prêmios gerais (Revelação, Música, Gravação e Disco do Ano). Tratam-se do cantor Christopher Cross (que venceu todas as categorias em 1980) e da inglesa Adele, que foi Revelação em 2009, com 19, e três anos depois levou para casa Música, Gravação e Disco do Ano, pelo trabalho 21.


Michael Jackson

O Rei do Pop divide com o guitarrista Carlos Santana outro recorde do Grammy. Ambos conquistaram o maior número de troféus em apenas uma noite: oito. Enquanto Santana fez isso em 2000, quando arrasou a concorrência com Supernatural, Michael Jackson alcançou a marca dezesseis anos antes, ao ser congratulado por Thriller. Naquela ocasião, Michael também conquistou outro recorde: o maior número de indicações (12) em apenas uma noite.


Quincy Jones

Produtor de Thriller, Quincy Jones detém a marca de artista mais vezes indicado ao prêmio. O norte-americano já concorreu ao Grammy em 79 oportunidades – tendo vencido em 27 delas, o que lhe dá um aproveitamento de 34%. A primeira indicação de Quincy foi em 1961, na categoria Melhor Performance de Jazz. A última foi em 2002, por Melhor Audiolivro (sua autobiografia). A primeira vitória veio em 1964, com o Melhor Arranjo Instrumental para “I Can’t Stop Loving You”, de Ray Charles.


Paul Simon

Na categoria Gravação do Ano, o cantor Paul Simon reina absoluto, com três vitórias. Duas delas foram conquistadas quando o artista ainda era parte da dupla que fazia com Art Garfunkel, o Simon & Garfunkel. Em 1969, o duo venceu com “Mrs. Robinson" e, dois anos depois, com “Bridge Over Troubled Water”. Já em carreira solo, Simon foi o vencedor da categoria em 1988, com a canção “Graceland”.


Foo Fighters

Além dos prêmios gerais, o Grammy oferece prêmios específicos para diferentes estilos de música. Quando o assunto é rock, poucas bandas são mais bem sucedidas do que o Foo Fighters, que já venceu quatro vezes a categoria Melhor Álbum de Rock. A última delas foi em fevereiro de 2012, quando a banda de Dave Grohl levou para casa o troféu por Wasting Light.


Bruce Springsteen

Já na categoria Melhor Música de Rock, quem manda é o Chefe... quer dizer, Bruce Springsteen. Criada em 1992, a categoria tem quatro vitórias de Bruce em sua história: "Streets of Philadeplhia”, em 1995, “The Rising”, em 2002, “Radio Nowhere”, em 2008, e “Girls in Their Summer Clothes”, de 2009.