Pais e filhos: parcerias musicais

Redação Publicado em 12/08/2012, às 08h30

Bruno Giorgi e Lenine
Daniel Chiacos/Divulgação

Zezé di Camargo e Wanessa Camargo

Durante o Show da Virada da TV Globo, exibido no Reveillon, uma Wanessa gravidíssima se juntou ao pai no palco. A canção escolhida para marcar o momento foi “Como Nossos Pais”, imortalizada na voz de Elis Regina. Ambos estavam visivelmente emocionados.


Pequeno Cidadão (Arnaldo Antunes, Taciana Barros, Edgard Scandurra e Antonio Pinto e os filhos dos músicos)

Em casa de músico, tudo vira cifra e nota. Na hora de mandar os filhos tomarem banho, de brincar, de ensinar, esses artistas sempre acabavam compondo alguma coisa e os pequenos cantavam junto. Foi daí que surgiu a ideia do projeto – pais e filhos gravaram juntos um disco e saíram fazendo shows pelo Brasil. Veja ao lado a apresentação das famílias no programa Altas Horas, interpretando “O Sol e a Lua”.


Marcelo D2 e Stephan

O filho de Marcelo D2 ainda tinha voz de criança e pedia "aquele passeio na Disney" quando fez o dueto com o pai em "Loadeando".


Ozzy Osbourne e Kelly Osbourne

O Príncipe das Trevas e sua filha cantam juntos na faixa “Changes” (2003). A música foi originalmente lançada no disco Black Sabbath, Vol. 4 (1972). Curiosamente, Kelly se lançou como cantora com uma música também relacionada ao tema do dia, uma cover de “Papa Don’t Preach”, da Madonna. É o amor familiar na realeza das trevas.


Fábio Jr. e Fiuk

Quando Fiuk conseguiu definitivamente deixar de ser citado como “filho do Fábio Jr.”, se juntou ao pai para algumas parcerias. Como já dava para esperar, gravou ao lado dele “Pai”, famosa na voz de Fábio. Mas os dois também registraram outro sucesso do cantor mais velho, “20 e Poucos Anos” – aquela que anos mais tarde ganhou um revival na versão do Raimundos.


Magary Lord e Kalinde

Magary Lord já trabalhava como compositor para alguns artistas, principalmente da Bahia, mas em 2012 ele mesmo ficou conhecido cantando a música “Inventando Moda”. A grande revelação, no entanto, foi sua filha, Kalinde, que se apresentou em diversas oportunidades ao lado do pai, sempre carismática e mostrando que dificilmente seu futuro não será em cima do palco.


Maurício Pereira e Tim Bernardes

O músico fez barulho na década de 80 na formação, ao lado de André Abujamra, d'Os Mulheres Negras. Tim Bernardes, filho dele, despontou neste ano com o criativo trio O Terno. Mas, além de se encontrar em participações constantes do pai em shows do grupo, a dupla já se apresentou em um formato que explora uma música mais regional.


Lirinha e João Diniz Paes de Lira

Entre diversas participações que Lirinha teve em seu primeiro álbum solo, Lira (2011), o ex-Cordel do Fogo Encantado recebeu uma mais que especial. Estão entre Ângela Rô Rô e o conterrâneo Otto o estreante João Diniz Paes de Lira, que, com apenas 9 anos, compôs e interpretou a canção “My Life” para o álbum. “Eu realmente queria ser como meu pai”, diz a letra em inglês (o menino vive no País de Gales). Pelo jeito, esta vontade vai mesmo se concretizar.


Djavan e Max Viana

Max Viana nasceu em 1973, época em que Djavan começava a aparecer no cenário musical brasileiro ainda apenas como intérprete. Seu pai se tornou um dos grandes nomes da música no Brasil e Max resolveu estudar violão na Europa. Desta forma, apenas como violonista, ele participou do CD e DVD em comemoração aos 25 anos de carreira do pai na faixa “Açaí”, embora tenha também lançado dois álbuns solo como cantor e compositor.


Lenine

Lenine tem três filhos: João, Bernardo e Bruno Giorgi. O primeiro é vocalista do Casuarina, que já contou com algumas participações do músico em apresentações ao vivo. O último o acompanha no palco da mais nova turnê dele, Chão. E todos se reuniram em 2008 para participar da última faixa de Labiata, “Continuação” (neste vídeo, eles ainda brincaram com “MMMBop”, hit do também trio de irmãos Hanson).

Perfil: Com a calma de um monge, Lenine vive baseado no equilíbrio a sua volta. Agora, ele se aventura pela música concreta, unindo suas três paixões: o som, a família e as orquídeas.


Luiz Chagas e Tulipa Ruiz

Luiz Chagas, escritor, compositor e ex-guitarrista da banda de Itamar Assumpção, criou o conjunto Pochete Set para apresentar sua filha, Tulipa Ruiz, ao mundo da música. No momento o grupo está parado e os papéis se inverteram - hoje o pai toca na banda da filha, e é apresentado ao público por ela. Neste vídeo, Tulipa canta a música “Desafinada”, composta pelo pai e acompanhada pelo próprio, ao lado do irmão Gustavo Ruiz e mais uma trupe de músicos convidados.


Max Cavalera e Zyon Cavalera

Max Cavalera (ex-Sepultura e atual Soulfly e Cavalera Conspiracy) sempre foi um pai coruja. No álbum Chaos A.D. (1993), de sua antiga banda, o músico colocou o som do batimento cardíaco do filho na introdução da música “Refuse/Resist”. Mas para se apresentar com o Soulfly no Brasil em fevereiro de 2012, Max preparou algo ainda mais especial: trouxe Zyon Cavalera, atualmente com 18 anos, para ser o baterista da turnê. O vídeo ao lado é do show em São Paulo, no Via Marquês, com Zyon nas baquetas.


Marcelo Nova e Drake Nova

Marcelo Nova, ex-vocalista do Camisa de Vênus, esperou seu filho Drake Nova completar 18 anos para incluí-lo na banda de apoio de sua carreira solo. Drake é guitarrista e acompanha o pai em todos os shows. Eles inclusive tocaram juntos na versão brasileira do Lollapalooza, em março de 2012. Recentemente os dois fizeram alguns shows solo como "Marcelo Nova e Drake", apenas com voz e guitarra no palco. No vídeo eles tocam a música “Hoje”, no Estúdio Showlivre, em 2011.


Eddie Van Halen e Wolfgang Van Halen

Em 2005, o baixista Michael Anthony deixou o Van Halen. Para ocupar o seu lugar, o guitarrista Eddie Van Halen não pensou duas vezes e chamou seu filho, Wolfgang, de 21 anos. Em 2012, o rapaz gravou o primeiro álbum com a banda, A Different Kind of Truth, e saiu em turnê logo em sequência. O filho do cultuado guitarrista também aparece no game Guitar Hero: Van Halen.


John Ulhoa e Nina Ulhoa

Em 2011, o grupo mineiro Pato Fu lançou o álbum Música de Brinquedo, em que recriaram clássicos de Paul McCartney, Tim Maia e Elvis Presley com instrumentos de brinquedo. Para isso, John Ulhoa, guitarrista da banda e produtor do álbum, contou com a ajuda de sua filha Nina, de 6 anos, e alguns amiguinhos dela para fazer os vocais de apoio (propositalmente desafinados) nas músicas. O vídeo ao lado é uma versão da música “Primavera”, de Tim Maia.