Oscar 2013: quem ficou de fora

Redação Publicado em 10/01/2013, às 16h47 - Atualizado em 19/02/2013, às 13h06

Galeria De Fora do Oscar: Abre
Reprodução

A Viagem realmente não deve ter agradado a Academia. O ambicioso filme de Tom Tykwer e irmãos Wachowski não foi indicado em nenhuma das 25 categorias da premiação.
Os Intocáveis, o candidato francês ao Oscar de Filme Estrangeiro, também foi ignorado pela Academia, mesmo que tenha agradado a muitos espectadores ao redor do mundo.
O filme de Paul Thomas Anderson manteve o diretor longe da estatueta. The Master foi indicado apenas em categorias de atuação – Joaquin Phoenix, como Melhor Ator, Philip Seymour Hoffman, como Melhor Ator Coadjuvante, e Amy Adams, como Melhor Atriz Coadjuvante.
Peter Jackson cansou de ganhar Oscar com a trilogia de O Senhor dos Anéis, mas não repetirá a dose com O Hobbit. O começo da nova saga não foi indicado nem pela trilha sonora e só guarda esperanças de vencer nas categorias Melhor Cabelo e Maquiagem, Melhor Cenografia e Melhores Efeitos Visuais.
O celebrado Quentin Tarantino pode ter uma legião de fãs como poucos outros cineastas, mas continuará sem vencer o Oscar de Melhor Diretor. Pelo menos ele concorre à estatueta de melhor filme com Django Livre.
A Hora Mais Escura foi indicada a Melhor Filme, mas não rendeu indicação de Melhor Diretora a Kathryn Bigelow, vencedora da estatueta em 2010 por Guerra ao Terror.
Ben Affleck despontava como possível dono da festa neste ano. Mas Argo não lhe rendeu indicações nem como Melhor Diretor, nem como Melhor Ator, e o sonho de ganhar o prêmio nessas categorias foi adiado.
A Academia não é muito fã de super-heróis e isto já é conhecido. Mas, pelo menos em categorias técnicas como Melhores Efeitos Visuais, filmes deste tipo costumam ser indicados. Não foi o que aconteceu com Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge.