Roberto Carlos completa 71 anos

Redação Publicado em 19/04/2012, às 17h37 - Atualizado às 17h45

Roberto Carlos
Divulgação / Site oficial

“Quero que Vá Tudo Para o Inferno” - Lançada inicialmente em compacto simples em 1965, e posteriormente no álbum Jovem Guarda, a parceria com o amigo Erasmo definiu a Jovem Guarda e consagrou Roberto Carlos como ícone. A música foi inspirada em Magda Fonseca, então namorada de Roberto e que na época estava nos Estados Unidos.


“Detalhes” - Maior canção romântica de Roberto Carlos, também foi escrita em parceria com Erasmo. “Detalhes” foi a principal composição do álbum homônimo, lançado em 1971.


"Jesus Cristo" - Lançada em 1970 no primeiro álbum de Roberto com canções com temáticas religiosas, é uma das músicas mais marcantes da carreira do Rei. Ao longo das décadas, diversos artistas interpretaram a canção.
"Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo" - Grande sucesso do álbum O Inimitável, lançado em 1968. A pedido da gravadora CBS, a canção foi lançada antes do disco e, inicialmente, seria a faixa de abertura. É considerada uma das músicas mais marcantes da fase soul do cantor. Em 2001, Roberto Carlos fez uma nova versão em seu álbum Acústico.

Amigo - Canção que melhor define sua amizade com Erasmo Carlos. Em uma visita ao México em 1979, o papa João Paulo II foi saudado com a canção, cantada por um coro de crianças. No vídeo ao lado, durante o show comemorativo aos 50 anos de carreira do cantor no Maracanã, Roberto convida Erasmo para se juntar a ele no palco.