Voodoo Style: John Varvatos cria linha de roupas inspirada em Jimi Hendrix

O estilista explica como criou a coleção Hendrix

JULIANNE ESCOBEDO SHEPHERD Publicado em 12/12/2013, às 19h55 - Atualizado às 20h01

.
Divulgação

De todo o legado que Jimi Hendrix nos deixou, o menos celebrado é o estilo dele: suas camisas largas com estampas psicodélicas têm feito parte da cultura musical por décadas, recentemente revisitada por rappers como Trinidad James, Wiz Khalifa e Andre 3000. O último, inclusive, interpretou Hendrix no filme de 2013 All Is By My Side.

Mas encontrar a jaqueta militar certa ou a bota amassada perfeita para o look Hendrix sempre significou uma visita ao brechó local – até agora. O estilista John Varvatos, cujo amor pelo rock influenciou bastante suas criações, acabou de lançar uma edição limitada da coleção inspirada por Hendrix, que contém camisas de seda, casacos militares, e bolsas com franjas que capturam a essência do ícone – um brilho fácil e prático que transmite uma ponta de sofisticação. Os acessórios de couro incluem um cinto “Mojo Pounch” (prenda a sua bolsa no quadril) e a excelente bota “Sharpei” de Hendrix, além de calçados perfeitamente amassados para parecerem que vêm sendo usados desde... 1967.

A Rolling Stone EUA falou com o estilista John Varvatos em sua nova loja em Nova York – que fica onde era o clube punk CBGB – sobre a coleção Hendrix.

Porque fazer uma linha Hendrix agora?

Primeiro porque ninguém nunca fez nada com Hendrix além de camiseta, e a família me contatou para fazer algo especial – algo que fosse um produto elevado e bem feito. As roupas são eternamente usáveis. Para mim, Jimi é mais relevante do que nunca.

Os acessórios, em especial, são perfeitos. Qual foi o processo de refinar os designs?

Foi muito fácil. Quando você tem um ícone como Jimi para te inspirar, na sua mente você vive tudo aquilo e se pergunta o quê valeria a pena fazer que representasse isso? Nós não estamos tentando imitar exatamente o que Jimi vestiu, é mais, o que ele usaria em 2014. Os acessórios foram divertidos porque são o que eu sonhei. Eu sonhei com Jimi carregando esta bolsa – algumas já estão esgotadas. Eu amo esse cara [mostra bolsa com cintos] – eu amo a ideia de ter uma bolsinha de lado na qual eu possa guardar minha carteira e minhas chaves. Em todas as fotos que você me vir no ano que vem, estarei usando isso. [Risos]

Eu nunca pensei em fazer nada ligado a Jimi até me virem falar comigo, contudo. Nunca fez parte do DNA da família fazer esse tipo de projeto, mas no minuto que nos pediram, eu topei, é o tipo de coisa que fazemos, é um projeto natural. É muito limitado – todas as peças foram individualmente numeradas – nós queríamos que fosse especial, muito exclusivo.

O espólio dele é muito restrito quanto à imagem dele. Você ficou surpreso quando eles te procuraram?

Imediatamente, me senti honrado, e eu sabia que queria fazer aquilo com muito respeito. Ele é o meu ícone musical número 1, então você não quer estragar isso fazendo da maneira errada. Mas nós não estamos tentando ser anos 60. O segredo de tudo está no caimento.

Então, pergunta importante: qual é a sua música favorita de Hendrix?

Ah, são tantas. “Purple Haze”, “Fire”, é claro que eu amo “All Along the Watchtower”, mas também tem músicas não tão comerciais. Tudo de Are You Experienced? está na lista do que eu mais ouço. Eu nunca me canso. Estamos ouvindo agora!