Yoko Ono entra em acordo com estilista que a acusou de plágio

Coleção polêmica da artista foi lançada em 2012

Redação Publicado em 05/06/2014, às 16h30 - Atualizado às 18h07

-
Reprodução

Lembra daquela coleção excêntrica lançada por Yoko Ono em 2012? As peças não chamaram atenção apenas por serem provocativas, mas pela acusação de plágio que veio a seguir da estilista Haleh Nematzadeh, que também havia se reunido com a Opening Ceremony – marca que colocou no mercado a linha de Yoko.

Relembre músicos que lançaram coleções próprias.

Na época, a artista plástica japonesa disse que os modelos eram inspirados no livro de ilustrações que ela fez para John Lennon em 1969 como presente de casamento. Agora, de acordo com o Page Six, documentos arquivados em uma corte federal no Brooklyn, em Nova York, confirmam que as partes chegaram a um acordo que evita que o processo siga em frente, mas Yoko terá que compensar Haleh financeiramente. O valor acertado não foi divulgado.

Doze escândalos do mundo da moda