Amanda Palmer faz “música-carta” para tabloide que noticiou que seu seio “escapou” da roupa no Glastonbury

A ex-integrante do Dresden Dolls faz crítica à misoginia e caçoa da publicação em uma valsa divertidíssima

Redação Publicado em 21/07/2013, às 13h35

Amanda Palmer
Reprodução / Site oficial

A cantora norte-americana Amanda Palmer, ex-integrante do duo Dresden Dolls, escreveu uma música em resposta a uma notícia publicada pelo tabloide Daily Mail a respeito do seio dela, que ficou à mostra brevemente durante o show da cantora no festival Glastonbury.

Entrevista: Amanda Palmer encara seus demônios em novo álbum.

Sempre muito crítica ao machismo e indignada com o fato de ter feito “várias coisas sobre o palco, inclusive cantar”, mas o jornal só ter noticiado – em tom de chacota – a aparição nada inédita de seu peito, a cantora criou uma valsa divertidíssima para debochar do veículo.

"Dear Daily Mail” foi cantada durante um show em Londres e, segundo Amanda, trata-se de uma apresentação única, já que acredita que só tem sentido fazer a crítica agora, no calor dos acontecimentos.

Segue um trecho da letra: “Caro Daily Mail, soube recentemente que a minha recente atuação no festival de Glastonbury amavelmente recebeu uma menção. Eu fiz uma série de coisas naquele palco, até e inclusive cantar algumas canções, mas vocês escolheram ignorar isso e publicar uma crítica ao meu seio. Há algo chamado ferramenta de busca: use-a! Se você tivesse dado um 'Google' nos meus peitos antes, teria descoberto que suas fotos não são nada exclusivas. Além disso, vocês dizem que meu seio escapou do meu sutiã como um ladrão em fuga. Mas como vocês sabem que ele não estava aproveitando um raro momento de sol na Inglaterra?”

Posteriormente, ela canta que seu corpo inteiro parece estar querendo escapar do quimono e tira a roupa. “É só uma mulher nua”, explicou, criticando a misoginia e a cobertura “jornalística” e a cultura de apontar “defeitos” em corpos femininos.