Aos 14 anos, Dave Grohl escreveu carta ao “herói” Ian Mackaye; leia a íntegra do texto

Vocalista do Foo Fighters pediu telefone do ex-líder dos grupos Minor Threat e Fugazi

Redação Publicado em 28/05/2015, às 15h28 - Atualizado às 15h56

Dave Grohl, aos 13 anos, com a mãe, Virginia
Cortesia de Virginia Grohl

Nesta quinta-feira, 28, o Foo Fighters divulgou no Twitter a imagem de uma carta, escrita a mão, com uma caneta preta. Na legenda, a explicação: “Vejam o que meu herói Ian Mackaye acabou de achar: uma carta que eu escrevi a ele quando tinha 14 anos de idade! Hahaha”.

Mais recente show do Foo Fighters em São Paulo teve tombo e pedido de casamento; lembre como foi.

Quem fez a postagem na rede social da banda norte-americana, com certeza, foi seu líder, Dave Grohl. Isso porque ele já declarou diversas vezes a admiração por Mackaye, um antigo cantor que esteve à frente de bandas de punk e hardcore, como o Minor Threat e o Fugazi, principalmente, mas também The Evens e Embrace, entre outras.

“Boa barulheira, então estava pensando se você poderia me passar algum número ou alguma pessoa para eu entrar em contato”, escreveu o jovem Grohl, provavelmente logo depois de ter voltado da aula, com o dia inteiro livre. “Seria de grande ajuda. Obrigado.”

Galeria: um guia faixa a faixa de Sonic Highways.

O ex-baterista do Nirvana ainda deixou o próprio número de telefone ao fim da mensagem, além da assinatura como “David Grohl”. Há também um desenho que remete a um logo, com um “F” dentro de um círculo e alguns traços em volta.

Leia abaixo.