Até Psy entrou na onda do Pará

Ou o Pará que entrou na onda do coreano Psy?

Redação Publicado em 30/09/2012, às 09h44

Psy
AP

Ou o Pará que entrou na onda do coreano Psy?

O que acontece quando dois fenômenos se encontram? No caso do tecnobrega, que arrebata o Brasil, e o poderoso e mundial "Gangnam Style", o resultado é uma fusão divertidíssima.

O responsável pela ponte aérea Coreia do Sul e Pará foi o DJ da Gang do Eletro, Waldo Squash. Em três minutos, ele acelerou as batidas de Psy, incluiu todos os sintetizadores e mandou ver na sonoridade paraense no refrão.

O problema é conseguir fazer a “Dança do Cavalo Louco” de Psy na batida acelerada que a música ganhou. Mas, aí, o problema não é nosso, certo, Britney? Quem conseguir, aliás, favor mandar um vídeo aqui para o Blog da Redação.

E por falar em Psy em versões tupiniquins, na semana passada foi a vez do Latino (sempre ele) fazer a sua "festa no apê" com o refrão chiclete do coreano. São versos como: "É despedida de solteiro / Amanhã talvez eu vá casar / Eu tô chapado / Tô muito louco / E a ressaca vai me matar / Eu ligo um "dane-se" / Eu quero só beijar, brincar de te laçar, laçar".

Ouça abaixo versão tecnobrega:

Quer lembrar a dança?

Abaixo, por sua conta e risco, a versão do Latino, chamada "Despedida de Solteiro":