Intérprete de Mr. Big, de Sex and the City, gera polêmica brincando que "Carrie era vadia"

Chris Noth fez declaração ao defender atitudes do galã da série

Redação Publicado em 19/10/2014, às 14h25

Sex and the city
Reprodução

Vamos combinar, Mr. Big não é o personagem mais querido entre os fãs de Sex and the City. Ao longo das seis temporadas da série (e o primeiro filme baseado no programa), Mr. Big/John James Preston (Chris Noth) fez Carrie (Sarah Jessica Parker) sofrer. Noth não ajudou a melhorar a reputação do personagem ao dizer que Carrie era uma “vadia”, em uma entrevista recente com ao site news.com.au .

Relembre dez beijos que marcaram a televisão.

“Uma coisa que eu digo às pessoas é que Big nunca tentou fingir que era alguém que ele não era. Foi Carrie que tentou fingir que ele era alguém que ele não era", afirmou. "Ele sempre foi honesto a respeito de si e nunca a traiu”, disse ainda o ator. “O relacionamento não deu certo, e ele se casou enquanto ela saiu com... Quantos namorados ela teve? Ela era uma vadia [Risos]!”

Relembre os vestidos de noiva que marcaram a ficção.

Apesar do tom brincalhão, a declaração foi massacrada pelos espectadores da série, que acusaram Noth de machismo. Em seguida, o cocriador Michael Patrick King saiu em defesa do ator. “Bem, tenho certeza de que Chris estava brincando, repare que ele riu depois”, explicou ao BuzzFeed.

O empresário de Noth também se pronunciou. “Sim, claro que era uma brincadeira. Mas eu esqueço que você não tem permissão para fazer isso com certos meios de comunicação”, disse em um comunicado.