Benedict Cumberbatch não parecia ser sexy o suficiente para o papel em Sherlock

Inicialmente, a BBC questionou a escolha feita pelo showrunner Steven Moffat

Redação Publicado em 27/05/2014, às 15h14 - Atualizado às 15h35

.
Reprodução

E pensar que o charme britânico de Benedict Cumberbatch foi colocado à prova. O improvável galã de Sherlock, extremamente popular entre o público, não era a primeira opção dos executivos do canal BBC, que procuravam alguém mais sexy, de acordo com o showrunner Steven Moffat.

Entrevista: transitando pela TV e em blockbusters, ator britânico Benedict Cumberbatch coleciona elogios.

O mesmo aconteceu quando o ator David Tennant foi sugerido para o papel de Casanova, em uma minissérie anterior à “estadia” bem-sucedida do ator em Doctor Who. “Com Benedict Cumberbatch foi a mesma coisa. ‘Você prometeu um Sherlock sexy, não ele’”, disse Moffat à revista Times.

Desde o sucesso na pele do detetive icônico, Cumberbatch atuou em filmes como O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, Além da Escuridão: Star Trek e 12 Anos de Escravidão. Contudo, o gostinho de “Eu tinha razão” de Moffat foi contrabalanceado por uma grande desvantagem do triunfo de Cumberbatch: a nova agenda atribulada do ator. “É bem irritante quando você está tentando programar uma porcaria de série”, brincou o showrunner.