Bono arranca risos com imitação de Bill Clinton

O cantor adota um sotaque exagerado e “substitui” Clinton em evento para o qual ele estava atrasado

Redação Publicado em 25/09/2013, às 11h48 - Atualizado às 17h56

Bono
AP

Bono: cantor, ativista e, aparentemente, comediante que faz imitações. O frontman do U2 bancou o Bill Clinton durante o evento Clinton Global Initiative, em Nova York. Quando o ex-presidente chegou atrasado, depois de ter esquecido suas anotações nos bastidores, Bono sentou na cadeira de Clinton e começou a relembrar, com um sotaque exagerado do Arkansas, da primeira vez que Clinton e Bono se viram. "Ele entrou na Sala Oval e eu pensei que fosse um dos roadies dele”, Bono brincou a respeito dele próprio. Quando Clinton reapareceu, um minuto depois, olhou em volta e disse: “Deve ser muito fácil tirar sarro de mim”.

Benfeitores da música: dez artistas que dedicam tempo e dinheiro a causas humanitárias.

A Clinton Global Initiative busca "soluções inovadoras para os desafios mais urgentes que existem no mundo" e os membros têm o compromisso de debater tópicos específicos de questões como ambiente, educação, energia, direitos das mulheres e saúde global. Bono, que estava participando de um painel moderado por Clinton, criticou a corrupção corporativa na indústria de petróleo e gás por “matar mais jovens do que tuberculose, Aids e malária somadas”.