Cha-chin!

Redação Publicado em 11/08/2011, às 11h36

Todo ano, a revista TV Guide libera uma lista com os atores mais bem pagos da TV norte-americana, que há tempos deixou de ser aquele lugar para onde vão os artistas que não conseguem um papel no cinema.

Este ano, a publicação não fez um ranking, como é de costume. Mas informou os salários das celebridades que estão estreando nesta temporada em alguma atração. Os valores são de fazer os pobres mortais chorarem abraçados com o holerite.

Vale adiantar, primeiro de tudo que, de acordo com o veículo, a média de salário, por episódio, de um ator protagonista em uma série de TV novata é de US$ 125 mil (R$ 203,5 mil), em TV aberta, e US$ 150 mil (R$ 244,2 mil), em TV paga. Lembrando que, em geral, nas emissoras abertas, cada temporada costuma ter mais de 20 episódios, enquanto no cabo, não passam de 12 ou 13.

Ashton Kutcher herdou o posto de protagonista de Two and a Half Men e, com ele, o título de Charlie Sheen de ator mais bem pago da televisão, nos Estados Unidos. Ele receberá US$ 700 mil (cerca de R$ 1,140 milhão) por cada episódio da série - enquanto Sheen recebia US$ 1,2 milhão (R$ 1,954 milhão).

Dois veteranos da TV, Tim Allen e Kiefer Sutherland, estão de volta às telinhas nessa nova temporada, que começa por lá em setembro. Seus pagamentos são altos, para uma série nova, exatamente por eles já terem um histórico de sucesso. Porém, não chega ao que eles já chegaram a ganhar anteriormente. Ambos recebem US$ 225 mil (R$ 367 mil) a cada episódio gravado (Allen por The Last Man Standing e Sutherland por Touch). Na época de 24, Sutherland levava para casa US$ 400 mil (R$ 653,24 mil) por episódio.

Os salários também tendem a aumentar conforme as séries passam mais tempo no ar. A cada fim de temporada, os contratos são renegociados e, claro, se a atração se deu bem, os produtores e elenco pedem seu merecido aumento. O sucesso de The Big Bang Theory fez com que os protagonistas abocanhassem um salário semanal de US$ 300 mil (quase R$ 490 mil).