Comediante vinga Taylor Swift e invade show de Kanye West

Cantor foi uma das atrações do festival de Glastonbury, neste domingo, 28

Redação Publicado em 29/06/2015, às 13h37 - Atualizado às 16h19

Artista durante polêmico encontro no VMA 2009
AP

O polêmico Kanye West provou do próprio veneno durante apresentação no festival de Glastonbury, neste domingo, 28. O cantor teve o show invadido pelo comediante britânico Simon Brodkin, conhecido pelo programa de TV Lee Nelson’s Well Good Show, que mais tarde explicou o motivo da ação.

Kanye West faz show surpresa em Londres e mostra canção inédita; ouça “U Mad”.

“’Kanyei’ o Kanye. Aquilo foi para você @taylorswift13 #Leezus”, escreveu pelo Twitter o humorista, brincando com o nome do personagem Lee Nelson e o disco Yeezus, de West. Ele teve que recomeçar a interpretação da música "Black Skinhead" depois do ocorrido.

Kanye West se tornou notícia durante a entrega do VMA 2009, ao subir no palco da premiação para ameaçar tirar o troféu de Melhor Vídeo Musical Feminino das mãos de Taylor Swift. A cantora o atacou publicamente depois do ocorrido, mas ambos fizeram as pazes. No começo de 2015, ele repetiu a dose com Beck, vencedor do Grammy de Álbum do Ano.

Kanye West se joga em lago durante show em Ierevan, na Armênia.

A notícia de que Kanye seria atração de Glastonbury não foi acolhida de forma positiva por muitos dos fãs do festival e uma petição pela retirada do artista chegou a ser divulgada na internet.

O norte-americano não só continuou como convidado do evento como se proclamou “a maior lenda viva do rock” durante a performance - que teve uma pequena cover de “Bohemian Rhapsody”, do Queen. Ele foi bem recebido pelos espectadores.

Universidade norte-americana dá ao rapper Kanye West o título de "Doutor Honoris Causa".

No mesmo dia, o lendário The Who também provocou Kanye e sua declaração quando o guitarrista Pete Townshend perguntou aos fãs: “Quem é a maior lenda viva do rock?”.