David Bowie e Foo Fighters ganham “dias oficiais” em cidades norte-americanas

Prefeitos de Chicago e Richmond cedem honraria aos roqueiros

Rolling Stone EUA/Redação Publicado em 17/09/2014, às 17h17 - Atualizado às 17h33

David Bowie e Dave Grohl, do Foo Fighters

Ver Galeria
(12 imagens)

O prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, sem querer, declarou-se o melhor prefeito do mundo proclamando 23 de setembro como “Dia de David Bowie”. A honraria virá junto à estreia da famosa exposição David Bowie (que esteve no Brasil este ano), no Museu de Arte Contemporânea da cidade.

Galeria: uma discografia selecionada com tudo o que David Bowie fez de melhor... e algo mais.

De acordo com o Consequence of Sound, o anúncio foi feito por meio de um comunicado, no qual Emanuel descreve Bowie como “um inegável ícone global que ostenta um catálogo de 26 discos aclamados pela crítica”, que tem “conectado culturas e crenças enquanto transcende e fortifica a música, arte, moda e design e espetáculos teatrais”.

Dez faces de David Bowie.

Para não ficar atrás, o prefeito de Richmond, na Virgína (nos Estados Unidos), Dwight Jones, declarou o dia 17 de setembro como o "Dia do Foo Fighters". A decisão foi tomada devido ao show que o grupo de Dave Grohl realizará na cidade nesta quarta, 17 – o primeiro na cidade em 16 anos.

Acompanhante de luxo: as mais emblemáticas parcerias de Dave Grohl.

A apresentação foi financiada coletivamente pelo público, e acontece na casa de shows The National, com capacidade para 1,5 mil pessoas. De acordo com o CoS, o show começou a ser organizado em março, com ingressos sendo vendidos a US$ 50. Com a venda rápida de 1,4 mil ingressos, o Foo Fighters confirmou a apresentação.