Documentando o amor de John Lennon por gatos

Site reuniu todos os criativos nomes que o músico deu aos seus amados felinos

Matthew Perpetua Publicado em 16/01/2012, às 11h47 - Atualizado às 11h59

John Lennon: materiais do ex-beatle darão origem a livro que chega às lojas em 2012
AP

O site Mental Floss reuniu uma lista exaustiva de todos os gatos de John Lennon, desde sua infância, passando por sua carreira com os Beatles e indo até seus últimos dias morando em Manhattan com sua esposa, Yoko Ono. Pelo que parece, Lennon realmente amava felinos, e seu humor renomadamente ácido se fez presente na forma como ele os batizava.

Por exemplo, o gato de Lennon durante a segunda metade da carreira dos Beatles se chamava Jesus, o que era uma resposta à polêmica criada na mídia por causa de comentário de que os Beatles eram "maiores do que Jesus" (parece que Paul McCartney também teve um gato chamado Jesus, então essa piada claramente foi bem aceita entre todos os Beatles). Mais tarde, Lennon teve dois gatos, um preto e o outro branco, e eles ganharam os nomes Salt (Sal) e Pepper (Pimenta), e um outro par de gatos vira-latas pegos na rua chamados Major (Maior) e Minor (Menor).

O primeiro gato de Lennon, quando ele era criança, se chamava Elvis Presley, alcunha que ele e sua mãe deram em homenagem ao cantor, apesar de terem descoberto que o gato era fêmea quando ela teve uma ninhada de gatinhos no armário da casa deles.

Clique aqui para conhecer o nome de outros gatos de Lennon.