É tudo coisa da CIA

Redação Publicado em 05/06/2010, às 10h56

Após ter lançado o polêmico clipe de "Born Free" e armado barraco com a jornalista do New York Times - sustentando que a matéria escrita por Lynn Hirschberg havia sido manipulada -, M.I.A. não segurou as palavras ao se referir ao Google, ao Facebook e à CIA (sigla para Agência Central de Inteligência, órgão norte-americano), colocando tudo em uma mesma cumbuca em entrevista à Nylon deste mês.

A cantora chamou a atenção dos leitores e fãs de seu trabalho, dizendo para que todos tomem cuidado com o que é publicado na internet, uma vez que tanto o Google quanto o Facebook foram "criados para foder com a vida das pessoas" no que diz respeito à privacidade.

"Todos os governos estão conectados ao Google", disse. "Eles podem alterar as ferramentas de pesquisa para que somente o que eles querem que você veja apareça. Quero que as pessoas fiquem atentas às questões digitais." Em meio às críticas feitas durante o papo, M.I.A. foi específica e comentou sobre quais páginas da web estava se referindo.

"Todo mundo na internet manda coisas do tipo: 'Meu Deus, faça parte do Facebook!' E as pessoas são muito otimistas, quando na verdade está todo mundo fodendo com você atrás da tela", comentou. "E eu não curto isso. É muito difícil interagir com meus fãs sabendo disso. O Google e o Facebook foram desenvolvidos pela CIA, e você tem que saber disso quando está lá."