Fãs unem Game of Trones e trilha sonora de Frozen em videoclipe divertido e sarcástico

“Let It Go(T)”, um mash-up publicado no YouTube, reúne a melodia grudenta da faixa com imagens e letras inspiradas na série da HBO

Rolling Stone EUA Publicado em 18/04/2014, às 15h06 - Atualizado às 16h20

Galeria - Figurinos de séries - Game of Thrones
Reprodução

Atenção: o vídeo e o texto abaixo podem trazer spoilers para quem não está acompanhando os últimos acontecimentos da série.

O mundo continua fascinado pela badala ao piano “Let It Go”, vencedora do Oscar de Melhor Canção Original, trilha sonora do gigantesco sucesso Frozen: Uma Aventura Congelante, da Disney. Mas o que estava faltando? Ah, sim, cenas de sexo e dragões cuspidores de fogo. Conheça “Let It Go(T)”, um mash-up publicado no YouTube que reúne a melodia grudenta da faixa com imagens e letras inspiradas na série da HBO.

Gwendoline Christie (Brienne de Tarth) e Pedro Pascal (Oberyn Martell) falam sobre a quarta temporada da série, a sina dos personagens e da exposição que chega agora ao Brasil.

“O inverno está chegando”, canta Gail Folson de forma dramática, replicando a famosa frase da família Stark, uma das protagonistas da série. “Então porque tudo ainda está verde?” A partir daí, ela explora todos os ângulos da série a partir da visão de um fã (muitas vezes frustrado) de Game of Thrones, partindo da moralidade ambígua da série – “quem é o herói nesta série? Tyrion? Esse cara novo? Nem mesmo os leitores dos livros sabem” – ao excesso de cenas de nudez e assassinatos de “novos caras barbudos”.

Folsom não se intimida e dá voz a suas opiniões. “Se estamos sendo honestos aqui, ninguém liga para o Bran”, canta ela enquanto pede para que Tyrion (Peter Dinklage) “chegue à quinta temporada”.

O clipe é assinado por Folson, Joanna Robinson e Dave Gonzalez. A edição é creditada a David Chen.

Recentemente, George R. R. Martin, autor dos livros nos quais a série é baseada, deu aos fãs algumas dicas sobre a morte de um dos maiores personagens da trama, em entrevista à Rolling Stone EUA. “Nos livros – e eu não prometerei, porque ainda tenho mais dois para escrever e eu talvez tenha mais surpresas para revelar – a conclusão tiradas pelos leitores mais cuidadosos é que Joffrey foi morto pela Rainha dos Espinhos [Olenna Redwyne, avó da noiva do Rei], usando um veneno que estava na rede de cabelos de Sansa. Então, se todos pensaram que ele foi envenenado, Sansa seria a culpada. Ela certamente tem uma boa razão para isso.”

Assista ao clipe de “Let It Go(T)”: