Glee contra artistas?

Redação Publicado em 05/04/2011, às 12h10

Ao que parece, Ryan Murphy, criador de Glee, não é um cara que lida muito bem com um "não". Em entrevista ao The Hollywood Reporter, ele falou mal dos integrantes do Kings of Leon por estes não terem permitido que suas faixas integrassem um episódio especial da série musical.

"Vai se foder, Kings of Leon!", disse Murphy. De acordo com ele, Caleb, Jared, Nathan e Matthew Followill são "idiotas egocêntricos" que perderam uma grande oportunidade de inspirar crianças a se envolverem com as artes. "Um garoto de sete anos de idade poderá ver alguém da mesma idade cantando uma canção do Kings of Leon, o que possivelmente o fará ter vontade de pegar um instrumento", afirmou. "Você pode zoar Glee o quanto quiser, mas o que no fundo realmente fazemos é levar as crianças para a música."

O Hollywood Reporter ligou para o frontman da banda visando o direito de resposta. Caleb ficou bastante confuso, sem compreender direito o porquê do ódio de Murphy. "Isso tudo chocou a gente, porque na época em que o pedido foi feito, nós nem havíamos assistido ao programa", disse. "Nunca tivemos a intenção de esnobar Glee ou a educação musical ou os fãs do programa. Não entendemos de onde tanta raiva está vindo. Apenas negamos uma licença para um programa, que é uma coisa fazemos bastante."

Outro nome que entrou para a lista negra de Ryan Murphy: Slash. Como noticiamos aqui no blog no fim de semana, o guitarrista comentou que não permitiu que as faixas do Guns N' Roses fizessem parte de episódio especial. "Glee é pior que Grease, e Grease é ruim demais", falou. "Eu assisto ao Grease hoje em dia e penso: 'Perto de High School Musical e Glee, Grease era uma obra de arte." A resposta de Murphy? "Normalmente acho que pessoas que fazem um comentário como este estão com suas carreiras acabadas; são mal educados e bastante estúpidos."