João Brasil faz escola

Redação Publicado em 06/04/2009, às 14h13

Ele corta músicas com a precisão das facas Ginzu, copia samples como quem aprendeu a falar "Control C" antes de "papai" e mistura tudo em ótimos mashups.

André Paste, no entanto, ainda não pode ir ao bar e pedir uma cerveja - tem apenas 17 anos.

O garoto, que vive em Vitória, no Espírito Santo, anda pop na internet, esse libera-geral no qual poucos são os que conseguem um minuto, ou 140 caracteres, de atenção. Pelas bandas virtuais, ganhou apelidos como "o Mallu Magalhães dos mashups" e "Joãozinho Brasil", referência a João Brasil, mago do gênero no Brasil.

A receita é quase sempre a mesma: picotar o batidão do funk carioca com samples de uma galera híbrida, como John Lennon, MGMT, Wando, Madonna, Britney Spears, Hot Chip e A-ha.

E tem material novo na rede: se chama "Bonde dos Buarque de Holanda". Dá para ouvir o som do André no MySpace.