Mulher de Phil Spector faz música com cartas trocadas com o marido na prisão

Rachelle Spector homenageia o produtor em "P.S. I Love You"

Rolling Stone EUA Publicado em 04/04/2013, às 16h42 - Atualizado às 16h57

Rachelle Spector
Reprodução

Rachelle Spector encontrou facilmente uma inspiração para sua nova música, “P.S. I Love You”: seu marido, o famoso produtor Phil Spector, e cartas de amor que trocaram desde a prisão dele em 2009 pelo assassinato da atriz Lana Clarkson.

A mulher de Spector está convencida de que ele foi julgado injustamente, e “P.S. I Love You” – parte de um EP com cinco faixas – é uma tentativa de manter o caso em destaque. Também é uma demonstração de devoção por parte dela.

“Sempre brincava com ele e dizia que ‘conhecer Phil é amar Phil’”, disse Rachelle à Rolling Stone EUA. “Se as pessoas soubessem como ele é, iriam se apaixonar. Em cinco minutos de conversa ele te conquista. Você sente um senso de generosidade. Ele é tão gentil, quente, amoroso.”

Rachelle Spector escreveu a canção como uma homenagem ao primeiro hit do produtor, a faixa “To Know Him Is to Love Him”, do Teddy Bears, de 1958, escrita por ele ao pai. “Esta abriu o caminho para produtores e músicos promissores e para a música como ela é hoje”, disse.

A história do Spector e do caso foi tema de uma cinebiografia da HBO com Al Pacino na pele do produtor e Helen Mirren como a advogada dele. Embora Rachelle afirme que Pacino interpretou seu marido de forma “brega”, falou que o filme não deixa dúvida quanto à inocência de Phil e espera que isso possa ajudar no caso.

Ouça “P.S. I Love You”: