Pulse

15 Marias: uma delas é destaque na novela Cheias de Charme

Redação Publicado em 04/05/2012, às 12h24 - Atualizado às 12h32

A HORA DA ESTRELA. Takai e suas pérolas ao vivo
NINO ANDRÉS/ DIVULGAÇÃO

Por Cláudia Boëchat

Quantas Marias há na constelação da MPB? Vai saber... Uma delas, famosa composição de Ary Barroso, gravada em 1941, tem feito o maior sucesso atualmente na voz doce de Fernanda Takai: “Canta Maria”, tema de Cida, personagem interpretada por Isabelle Drummond na novela Cheias de Charme, da TV Globo. Mas na MPB há Marias em todos os tons. Separei 15 delas pra gente ouvir hoje. Vamos começar com a Maria cantada por Fernanda Takai:

Ary Barroso cantou ainda a “Maria” que o deixou “ceguinho de amor”. Ouça com João Gilberto e Caetano Veloso:

No filme Tudo Azul, de 1950, Marlene dá vida a uma Maria lavadeira. Curta a consagrada “Lata D’água” (Luís Antônio e Jota Jr.):

“Maria Candelária” (Armando Cavalcanti e Klecius Caldas) brilhou no mesmo filme na voz de Blecaute. Essa Maria é uma funcionária pública que leva um vidão... Confira:

Até Roberto Carlos cantou a sua Maria, que não era a Rita, e que foi um sucesso no festival da Record de 1967. Um samba de Luís Carlos Paraná, “Maria, Carnaval e Cinzas”:

Uma outra Maria, cujo sobrenome era Paixão, foi criada por Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves. Ouça “Maria Rosa” com Elis Regina:

Entre as Marias cantadas por Elis, tem uma outra, mais discreta, que chora olhando para o céu. “Sonho de Maria”, composta por Marcos e Paulo Sérgio Valle:

Gilberto Gil também compôs a sua Maria, desiludida... tadinha... É a “Maria Tristeza”:

Vinicius de Moraes e Toquinho contaram a história da “Maria Vai Com as Outras”:

Com Tom Jobim e Chico Buarque, Vinicius criou mais uma. Milton Nascimento canta “Olha Maria”, com Tom ao piano:

E falando em Milton Nascimento, não podia deixar de fora dessa lista “Maria, Maria”, parceria dele com Fernando Brant:

Marisa Monte resolveu cantar a “Maria de Verdade” de Carlinhos Brown:

E tem a Maria preguiçosa e sem modos da Rita Lee, a “Maria Mole”:

A “Maria Chiquinha” (Geysa Bôscoli e Guilherme Figueiredo) é uma danadinha... Ouça nas vozes dos pequeninos Sandy e Júnior, apresentados por Lima Duarte:

Para terminar essa nossa lista, vamos ouvir um ícone internacional cantando uma “Maria Ninguém” (Carlos Lyra). Brigitte Bardot se apaixonou pela Bossa Nova.

Para falar com Cláudia Boëchat, envie um e-mail para claudia.boechat@rollingstone.com.br