Pulse

Egberto Gismonti: duas músicas que falam à alma

Redação Publicado em 01/03/2012, às 18h05 - Atualizado às 18h43

Egberto Gismonti
Divulgação

Por Cláudia Boëchat

Hoje não vou escrever muito. Separei apenas duas músicas pra gente ouvir e ficar bem zen. Não são novas, mas são perenes. Ambas instrumentais, obras do mestre Egberto Gismonti. Ou melhor, uma delas foi composta por Villa-Lobos e ganhou um arranjo totalmente novo nas mãos de Egberto. Trata-se de ”Prelúdio” (de “Bachianas Brasileiras nº 4”). É de arrepiar. Ouça:

A outra, bem mais leve, é “Palhaço”, de Egberto e Geraldo Carneiro, que nos remete a uma doce infância:

Gostoso, né? Faz bem à alma.