Mallu Magalhães: aos 19 anos, uma paixão consolidada no CD Pitanga

Redação Publicado em 01/07/2012, às 08h44

Mallu Magalhães
Divulgação

Por Cláudia Boëchat

Desde o estouro na internet, entre 2007 e 2008, com o vídeo de “Tchubaruba”, até hoje, já se vão três CDs. Mallu Magalhães mostra que a música nunca foi uma simples paixão de adolescência. Aos 19 anos, continua firme e forte com ela e com seu parceiro (no amor e no trabalho), Marcelo Camelo. Aliás, foi ele quem produziu seu último CD autoral, que leva o nome de uma frutinha “azedinha, doce, bonita e única”, como descreve o site dela: Pitanga. Como nos álbuns anteriores, este traz músicas em português, em inglês ou um mix das duas línguas. Separei quatro canções desse disco, em português, pra gente ouvir, e “Tchubaruba”, pra relembrar. Ouça:

“Olha Só, Moreno”:

“Ô, Ana”:

“Velha e Louca”:

“Sambinha Bom”:

“Tchubaruba”:

Para falar com Cláudia Boëchat, envie e-mail para claudia.boechat@rollingstone.com.br