Mart’nália: CD novo, mais um daqueles que a gente não consegue parar de ouvir

Redação Publicado em 19/03/2012, às 12h24 - Atualizado às 12h27

Mart'nália
Divulgação

Por Cláudia Boëchat

Outro CD delicioso para nos alegrar: Não Tente Compreender, de Mart’nália. Gostoso como os anteriores. Com aquele jeitão desengonçado, ela consegue uma elegância meio sobrenatural quando solta a voz. E sorri. É cativante. É melhor mesmo não tentar entender esse mix. “O seu canto é doce, negro, suingado e o seu timbre é especial”, diz seu pai, o grande sambista Martinho da Vila, também o inventor do nome da filha, junção do nome dele com o da mãe, Anália. Quando começo a ouvir Mart’nália, não consigo parar. Uma música vai puxando a outra, a outra, a outra...

Ouça a primeira música do novo CD, “Namora Comigo” (Paulinho Moska):

Não Tente Compreender é um lançamento da gravadora Biscoito Fino e tem Djavan como produtor musical. Inclusive uma das faixas, “Itinerário”, é de autoria do filho dele, Max Viana, que gravou a música no álbum Um Quadro de Nós Dois. De vez em quando, Djavan também mostra sua voz e, agora, trabalho finalizado com Mart’nália, começa a preparar o seu próprio CD.

Um teaser com os dois em estúdio:

Além da composição de Marisa Monte e Dadi que dá título ao CD, há também “Daquele Jeito”, de André Carvalho. Ouça na voz do autor:

Outra canção do novo CD de Mart’nália é “Os Sinais”, de Junior Almeida. Ouça com ele:

Tem também “Surpresa” (Mart'nália, Arthur Maia e Djavan), “Depois Cura” e “Zero Muito” (ambas de Lula Queiroga), “Que Pena, que Pena” (Mombaça e Mart'nália), “Reversos da Vida” (Martinho da Vila), “Serei Eu” (Ivan Lins, Zélia Duncan e Mart'nália), “Eu te Ofereço” (Gilberto Gil) e “Demorou” (Caetano Veloso).

E a última música de Não Tente Compreender é “Vai Saber”, de Adriana Calcanhotto. Olha o que Adriana diz sobre a canção:

E a interpretação de Marisa Monte:

E como não dá para parar de ouvir Mart’nália, vamos voltar no tempo e escutar mais essas:

Ai, agora é por conta dos seus CDs. Eu continuo aqui ouvindo os meus. Ouvindo e ouvindo e ouvindo... Dá-lhe Mart’nália!

Para falar com Cláudia Boëchat, escreva para cboechat@uol.com.br