Não estou aqui para fazer amigos – edição universidade

Faculdade britânica lança curso de 17 semanas que ensina a passar nos testes do The X Factor

Redação Publicado em 16/01/2013, às 14h09 - Atualizado às 15h05

Novo álbum de Susan Boyle trará versão de "Perfect Day", de Lou Reed
AP

Sua mãe sempre te falou para cursar faculdade porque era a maneira mais eficaz de se dar bem no competitivo mercado de trabalho. Seja lá qual for o seu mercado. Se você optar por fazer uma carreira como concorrente de reality show musical, pode ter certeza de que estará adentrando um nicho altamente disputado, de forma que realmente será preciso que esteja o mais preparado possível.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Pensando nesse boom que a carreira de “candidato a celebridade” deu nos últimos anos, uma faculdade do Reino Unido lançou um curso que ajuda aspirantes a astros do pop a ganhar programas como o The X Factor, um dos mais populares por lá. É mais ou menos como cursos que ajudam concurseiros, mas em vez de um cargo público, você ganha fama.

A Bishop Auckland College cobra 95 libras (R$ 310) pelas aulas, que duram 17 semanas e têm como objetivo ensinar aos alunos como passar pelos testes da competição. As aulas ensinam a cantar, se apresentar e como demonstrar confiança perante os jurados (dica número 1: não contar para os jurados que você fez um curso para aprender a aparentar confiança).

O diretor do departamento de Arte, Música e Performances Artísticas da faculdade explica que diversas universidades ensinam habilidades parecidas, mas que até onde ele sabe, é a primeira vez que um curso é estruturado com The X Factor em mente.

"As pessoas que fazem teste precisam saber também que os que se deram bem no reality não chegam lá despreparados, cantam uma música e ficam famosas. A maioria dos candidatos está fazendo testes há anos e trabalhando muito duro – é muito raro aparecer um caso como o de Susan Boyle."